Notícias

Vital: famílias do entorno do Sambão do Povo terão oportunidade de renda extra

Publicada em 14/09/2022, às 15h45 | Atualizada em 14/09/2022, às 15h51

Por SEGOV/SUB-COM, com edição de Andreza Lopes


Divulgação CDTIV
Barracas de ambulantes que vão atuar no Sambão

Assim como foi realizado nos desfiles das escolas de samba do Carnaval de Vitória, a Prefeitura de Vitória vai disponibilizar 30 barracas para famílias que moram no bairro Mário Cypreste, onde fica o Sambão do Povo, para que possam comercializar seus produtos e garantir uma renda extra durante o Vital, nos dias 16 e 17 de setembro. 

Uma reunião entre a Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV) e os moradores acertou os detalhes de credenciamento das famílias, trânsito livre e ordem de barraqueiros nos dias da festa.

"O Vital deve atrair cerca de 30 mil foliões nos dois dias de festa e movimentar, aproximadamente, R$ 40 milhões na economia da cidade, sendo que R$ 5 milhões foram investidos exclusivamente na realização da festa, com toda a infraestrutura necessária para um acontecimento desse porte. Queremos, com essa iniciativa, que parte desses recursos possam beneficiar famílias do bairro Mário Cypreste", afirmou o presidente da CDTIV, Evandro Figueiredo.

De acordo com cálculos da Prefeitura, serão gerados 2 mil empregos diretos na organização do Vital, fora os postos de trabalho temporários que serão abertos decorrentes da festa.

O carnaval fora de época da capital capixaba sempre atraiu muitos turistas, e desta vez não será diferente. A PMV calcula que a rede hoteleira terá pelo menos 90% de ocupação no próximo fim de semana. A estimativa é de que 5 mil turistas, incluindo moradores do interior do ES, de outros Estados e até do exterior, cheguem a Vitória para prestigiar o evento.

Guarda Municipal realiza esquema de segurança durante o Vital

 

Durante a realização do Vital 2022, no Sambão do Povo, em Mário Cypreste, a Guarda Civil Municipal de Vitória (GCMV) vai realizar um esquema especial de segurança no entorno do evento. Na parte interna, a segurança é privada.

Em todo o entorno, nas regiões de Caratoíra, Santo Antônio e Mário Cypreste, agentes da GCMV vão realizar patrulhamento preventivo e ostensivo.

Estarão presentes os agentes de Proteção Comunitária, de Apoio Operacional, da Ronda Ostensiva Municipal, de Trânsito, do Tático Operacional de Trânsito, da Inteligência e Integração, e da Central Integrada Operacional de Monitoramento.

Interdições

 

A avenida Dário Lourenço de Souza já se encontra interditada para montagem da estrutura do Vital, que será realizado no Sambão do Povo. A avenida está interditada no trecho compreendido entre a Clínica dos Acidentados e a rua Dom Benedito.

Na sexta-feira (16) e no sábado (17), a rua Antônio Pinto de Aguiar estará com trânsito liberado para moradores e aqueles que necessitam de acesso à Clínica dos Acidentados. A
Avenida Dário Lourenço de Souza, próximo ao Teatro Carmélia, estará liberada para trânsito local até próximo a Clínica dos Acidentados.

A rua Elvira Zílio (conhecida como Volta do Rabaiole) também estará liberada para acesso de moradores e aqueles que possuem Trânsito Livre.

Agentes do grupamento de Trânsito da Guarda Civil Municipal de Vitória (GCMV) estão nessas interdições e também nas proximidades da avenida Santo Antônio e da avenida Nair de Azevedo. Os locais estão sinalizados.

Para o Vital, o grupamento de Trânsito terá 20 agentes na região. O efetivo estará concentrado na região desde a manhã de sexta-feira, para garantir a fluidez com segurança na região.

A rua Engenheiro Manoel dos Passos Barros estará fluindo em mão única, sentido avenida Santo Antônio.


Voltar ao topo da página