Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

US do Bairro da Penha promove ações de prevenção e combate ao câncer de boca

Publicada em 24/10/2019, às 14h47

Por Giovana Rebuli Santos (girsantos@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Divulgação Semus

Combate ao câncer de boca na US do Bairro da Penha

Pacientes com risco de desenvolver o câncer de boca estão sendo consultados na US Bairro da Penha (Ampliar imagem)

Na Semana de Prevenção e Combate ao Câncer de Boca, as equipes de saúde bucal das unidades de saúde de Vitória têm realizado várias ações.

No Bairro da Penha, as dentistas Maguida Lima Lopes Wanderley e Geovanna Dalvi Costa estão fazendo consultas com pessoas que têm perfis de risco para o desenvolvimento do câncer de boca. Ao todo, mais de 50 pessoas deverão passar por essa avaliação específica até sexta-feira (25).

Segundo as dentistas, hábitos ruins potencializam as chances de desenvolver a doença, como uso do tabaco e do álcool, má alimentação e exposição em excesso ao sol. E para encontrar as pessoas com esses hábitos específicos, elas contaram com a ajuda dos agentes comunitários de saúde (ACS), que conhecem bem a comunidade.

"Os agentes são nossos olhos e ouvidos na comunidade, conhecem todos, vão a todos os lugares. Por isso eles sabem quem procurar e encaminhar para essa avaliação. E uma vez na consulta, essas pessoas têm a chance de receber o tratamento adequado, no momento oportuno, podendo ser alertadas e mudarem seus hábitos, evitando, assim, um câncer", explica Maguida.

Alerta

Geovanna informa que essa ação é feita todos os anos e sempre encontra pacientes com sinais de alerta. "Às vezes, é uma ferida que está demorando a cicatrizar e precisa ser cuidada pelo cirurgião dentista. Mas, às vezes, identificamos o câncer de boca durante esse tipo de consulta, de rastreamento. Nosso objetivo, além de identificar esses casos graves, também é desenvolver nas pessoas os hábitos saudáveis e de autocuidado com a boca", afirma.

Divulgação Semus

Combate ao câncer de boca na US do Bairro da Penha

Técnica de higiene dental Adriana Loureiro Duarte Rodrigues explica quais os principais fatores da doença na sala de espera da US (Ampliar imagem)

Orientações 

Enquanto as consultas acontecem, na sala de espera dos consultórios odontológicos, a técnica de higiene dental Adriana Loureiro Duarte Rodrigues explica quais os principais fatores que aumentam o risco de desenvolver o câncer de boca.

Com a ajuda de um cartaz que ela mesma confeccionou, Adriana orienta sobre formas de se prevenir da doença e alerta quais sinais não podem ser ignorados e precisam ser avaliados por um profissional dentista. 

Câncer de boca

O câncer de boca atinge toda a cavidade bucal: lábios, bochechas, gengivas, língua e céu da boca. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), por ano, há expectativa de 14,7 mil novos casos no Brasil, sendo 11,2 mil homens e 3,5 mil mulheres.

Os principais sintomas são machucados que não cicatrizam em 15 dias, áreas dormentes, inchaços, mudanças na aparência de qualquer parte da boca. Em qualquer situação assim, a orientação é se consultar com o dentista.

A principal forma de evitar o câncer de boca é desenvolvendo hábitos saudáveis e cuidando da higiene bucal.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site