Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Pesquisa de preços do Procon Vitória traz variação acima de 86% em supermercados

Publicada em 19/05/2020, às 13h14

Por Rosa Blackman (rosa.adriana@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


  • Consumo e produção responsáveis

Divulgação Abas

Consumidor pegando sacola biodegradável no caixa do supermercado

Procon orienta consumidores a consultar a pesquisa antes de ir às compras

O Procon Vitória divulga a segunda pesquisa comparativa de preços de itens de primeira necessidade neste período de pandemia do coronavírus. O levantamento aponta uma diferença de até 85,27% entre os supermercados, como na esponja de aço (60g – 8 unidades), vendida por R$ 1,29 em um estabelecimento e, no outro, por R$ 2,39.

Para o sabão em pó (caixa - 2kg), a diferença chega a 82,06%. A variação no preço do macarrão (massa com ovos - espaguete- 500g) ultrapassa 56%, variando de R$3,18 a R$ 4,99.

O papel higiênico (60 metros – folha simples – 12 rolos) apresentou variação superior a 55%: R$ 11,58 e R$17,99.

Aumento

O levantamento mostrou ainda que a maioria dos produtos teve um aumento no preço no meio da pandemia. Da lista dos 18 produtos da lista do Procon, o item que teve o maior aumento foi o alho. O quilo do produto (1kg) teve um aumento de 59,41%: em março, o menor preço era de R$15,99 e, agora, o menor é R$ 25,49.

Mais gastos

A pesquisa do Procon Vitória confirma que o consumidor tem gastado mais para comprar os itens da lista básica de produtos de primeira necessidade.

Em fevereiro, o consumidor pagava R$ 118,93. Já em março, para adquirir os mesmos produtos, só colocando no carrinho os itens com menor preço, o consumidor pagou mais:R$ 121,59. Agora, a mesma lista sai por R$ 134,02.

"Chegamos a esses dados analisando apenas os menores preços de cada produto encontrado em cada mês especificado, desconsiderando a identificação dos estabelecimentos", explicou a economista do órgão, Larissa Ciciliotti.

Orçamento familiar

A secretária de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Renata Freire F. Batista, disse que a pesquisa é mais um serviço disponibilizado pelo Procon Vitória para que os consumidores adquiram os produtos de suas listas com o menor impacto possível no orçamento familiar.

"O Procon Vitória sempre orienta os consumidores a pesquisar em, pelo menos, três estabelecimentos antes de adquirirem seus produtos. Contudo, neste momento de isolamento social, sugere primeiro consultar a pesquisa realizada pelo órgão, disponível no site da Prefeitura, para depois fazer suas compras com base nas informações disponibilizadas pelo Procon Vitória. A nossa orientação é que façam suas compras com segurança e que evitem, ao máximo, saírem de casa e se exporem ao risco", conclui.

Referência

A gerente do Procon Vitória, Herica Correa Souza, explicou que a pesquisa é uma referência para os consumidores. "Neste período de pandemia, em que as famílias estão elencando suas prioridades, listamos os 18 itens apontados pelos consumidores como ainda mais essenciais. A pesquisa aponta onde e em quais itens o consumidor pode economizar", ressalta ela.

Herica Correa Souza acrescentou que a pesquisa foi realizada no último dia 12 de maio em nove estabelecimentos de diferentes regiões de Vitória.

Na pesquisa mensal original, são 64 produtos: 17 itens no segmento de alimentação; três no segmento de carnes e aves; cinco de padaria; três de bebidas; 12 de frutas e verduras; oito de higiene pessoal; dez de cuidados domésticos e seis no setor de higiene e cuidados infantis.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 8h às 18h)
Voltar ao topo do site