Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Oficinas de dança levam qualidade de vida e alegria para idosos no CCTI

Publicada em 14/10/2019, às 08h00

Por Paula M. Bourguignon (pmacbourguignon@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Edlamara Conti


Foto Divulgação

Aula de Dança no CCTI de Jardim da Penha

Idosos ensaiam passos e movimentos na oficina de dança de salão no CCTI de Jardim da Penha (Ampliar imagem)

Elizabeth Nader

Aula de Dança no CCTI de Jardim da Penha

Dança contribui para a sociabilidade e para o bem-estar na terceira idade (Ampliar imagem)

A oficina de dança de salão leva animação e qualidade de vida para os idosos no Centro de Convivência para a Terceira Idade (CCTI) de Jardim da Penha.

A atividade, que acontece toda sexta-feira, a partir das 8 horas, é conduzida pelo professor voluntário Milton Herzog de Oliveira e tem aproximadamente 20 casais. A partir das 10 horas, tem aula de tango com Paulo César Marques.

"A dança é muito importante porque contribui em vários aspectos, como na promoção da integração entre pessoas, a movimentação corporal e o lado psicológico", explica Milton, que é muito feliz com o que faz:

"Quando você se doa um pouco para a sociedade e, acima de tudo, quando você faz pessoas um pouco mais felizes, isso dá uma remuneração que não se mede. É gratificante. Isso faz diferença na vida minha e na deles".

Cumplicidade

Casados há 41 anos, Tião e Thaís Moreira, de 65 anos, adoram a oficina. "Aqui é muito bom. A atmosfera da dança é muito alegre, além de proporcionar companheirismo e cumplicidade. É uma atividade que une o casal também, já que um depende do outro", disse Thaís.

"Temos um excelente professor, que é muito gente boa, e um grupo muito animado. É um exercício físico importante por ser uma atividade de ritmo que desenvolvemos a cadência e outras atividades", falou Tião.

Integração

Gilson Abe, 64, e Alexandrela Abe, 65, dançam há 16 anos e explicam o que a dança significa para eles. "A dança é uma atividade que conseguimos fazer a dois. Por exemplo: eu gosto de jogar baralho e jogar tênis, já ela não curte. Já a dança não é assim. Nós dois gostamos. Por isso buscamos sempre sintonizar e sincronizar os passos na dança", relatou Gilson.

"Eu gosto muito de interagir com as pessoas para não ficar só dentro de casa assistindo televisão. Isso é muito bom na nossa idade. Eu gosto muito de samba e ele, de bolero", comentou Alexandrela.

Sociabilidade

"A dança promove a convivência, trabalhando a sociabilidade e a valorização dos idosos. Muitos deles nunca tiveram a oportunidade de dançar e estão tendo agora. Os professores fazem um trabalho de pertencimento e de ensinamento. Os que já sabem ajudam os demais. Isso fortalece os vínculos de todos", ponderou a coordenadora do CCTI de Jardim da Penha, Érika Fortuna.

Diferentes danças

Todos os Centros de Convivência para a Terceira Idade e Núcleos de Integração Social para Pessoa Idosa (Nispi) oferecem diferentes ritmos de dança e musicalidade, como folclórica, dança de ritmos, zumba e forró. Para quem tiver interesse em participar, basta procurar as unidades.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site