Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Leilão de bens inservíveis tem ágio de 640%

Publicada em 23/08/2019, às 18h33 | Atualizada em 23/08/2019, às 18h39

Por SEGES/SUB-COM | Com edição de Matheus Thebaldi

Com colaboração de Lívia Albernaz


Elizabeth Nader

Leilão na sala Observatório da PMV

Leilão on-line de bens inservíveis foi realizado nesta sexta-feira e teve todos os lotes arrematados (Ampliar imagem)

Nesta sexta-feira (23), aconteceu mais um leilão on-line da Prefeitura de Vitória. Foram disponibilizados 11 lotes de sucatas de bens móveis inservíveis da administração municipal, como ar-condicionado, balança, autoclave, maca, cadeira de rodas, entre outros itens.

O leilão foi promovido pela Secretaria de Gestão, Planejamento e Comunicação (Seges), por meio da Comissão Permanente de Avaliação e Leilão de Bens Patrimoniais (Copal), e arrecadou R$ 26.900,50, num ágio de 640,04%.

No total, foram 21 participantes e 301 lances, com compradores do Espírito Santo e de todo o País. Todos os lotes foram arrematados.

Investimentos

O recurso arrecadado volta para os cofres públicos e é revertido em melhorias para a população, sendo destinado para a rede municipal de saúde. Somente este ano, R$ 117.532,30 para esta área.

De acordo com o secretário de Gestão, Planejamento e Comunicação em exercício, Alberto Salume, o leilão foi um sucesso e teve um ágio de 640,04%. "A Copal já está preparando os próximos editais: em setembro, será de sucata de iluminação pública e, em seguida, de bens inservíveis.", apontou Alberto.

Balanço

Em 2019, foram arrecadados com os leilões, até o momento, R$ 402.981, 39. Ao longo dos últimos quatro anos, quase R$ 2 milhões voltaram aos cofres da PMV.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site