Notícias

Jornada poética: estudantes levam poesia para comunidade de Nova Palestina

Publicada em 02/09/2022, às 13h35 | Atualizada em 02/09/2022, às 13h42

Por Brunella França (blfrancaeira$4h064+pref.seme.vitoria.es.gov.br), com edição de Andreza Lopes

Com a colaboração de Luis Oliveira


  • Educação de qualidade

Luis Oliveira
Emef Neusa Nunes Gonçalves
Luis Oliveira
Emef Neusa Nunes Gonçalves

Levar a poesia para além dos muros da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Neusa Nunes Gonçalves, em Nova Palestina. Esse foi o desafio da turma do 8º ano em mais uma etapa da jornada de experimentação poética, dentro do projeto "Nasce Poesia". Os estudantes percorreram as ruas do entorno da unidade de ensino, disseminando mensagens de paz, amizade e amor e declamando poesias.

A iniciativa, que levou o nome de "Poema no posto" e "Poema no ponto", propôs levar o universo poético para o cotidiano das pessoas que passavam pelo bairro, procurando provocar um diálogo entre o poeta, o poema e o leitor, de maneira que o deslocamento e a espera do indivíduo passem a ser poéticos.

"O objetivo aqui hoje foi democratizar o acesso à poesia e à literatura, além de fortalecer o vínculo da escola e dos estudantes com a comunidade. Também foi uma forma de adocicar a vida dos trabalhadores, comerciantes e moradores aqui do local, trazendo mensagens positivas. A poesia é um alento, um respiro, então buscamos inspirar um pouco a vida dessas pessoas", disse o poeta, professor e educador cultural Diego Cavaleiro, que esteve junto com a turma.

Os estudantes colaram cartazes sobre poesia em comércios e no posto de saúde do bairro, distribuíram mensagens poéticas inspiradoras em cartinhas para motoristas, moradores e pedestres, e também declamaram poemas autorais. Além disso, conversaram com a comunidade sobre o projeto desenvolvido na escola.

Moradora da comunidade, Linda Miguel, 52 anos, recebeu um poema e ficou encantada com a iniciativa. "Achei muito bacana, que legal essa iniciativa! Uma coisa diferente no nosso cotidiano. Admiro esse trabalho da escola e dos meninos. Amor ao próximo, abraços, mensagens de paz e fraternidade são sempre bem vindos, tenho certeza que tornaram o dia de todos que abordaram mais especial. Precisamos disso nos tempos atuais", disse.

Luis Oliveira
Emef Neusa Nunes Gonçalves
Luis Oliveira
Emef Neusa Nunes Gonçalves

Fortalecimento de vínculos

"Achei incrível! Uma coisa que começou dentro da sala de aula, agora está se expandindo. Colocamos nossos sentimentos para fora nas poesias e as levamos para as pessoas da nossa comunidade. Foi muito especial ver elas recebendo os poemas com um sorriso, agradecendo, acho que tornamos o dia delas um pouco melhor. Foi muito significante chegar até aqui", disse a estudante Lorrayne Evangelista.

Para Nicolas Santos, a jornada poética foi uma experiência única. "É muito gratificante saber que os nossos poemas chegaram até aqui. Foi uma coisa simples, que começou na sala de aula e agora tomou essa proporção. Sou muito grato ao projeto e aos professores por tudo que tem nos proporcionado", destacou.

"É muito especial poder levar para as pessoas a mesma experiência que tivemos dentro do projeto. O contato com a poesia transforma vidas, e nós mesmos produzimos essas mensagens que abriram sorrisos e trouxeram um pouco de alegria para a vida de quem passava por aqui", ressaltou a estudante Julia Evilyn.

Poesia na comunidade

A turma também foi acompanhada pelas professoras Rosemere Resende e Brenda Soares, pela pedagoga Luciana Barboza, pela bibliotecária Meg Deptulsqui e pela gestora da unidade de ensino, Eliana Ribeiro.

"A poesia é um gênero literário que sofre algum tipo de preconceito por parte de leitores, os quais tendem a achá-la difícil de entender. Hoje, levamos a poesia ao encontro do público, incentivando a leitura e possibilitando o diálogo entre o poeta e a apreciação da poesia", explicou a professora de Língua Portuguesa Rosemere Resende.

Luis Oliveira
Emef Neusa Nunes Gonçalves
Luis Oliveira
Emef Neusa Nunes Gonçalves

Voltar ao topo da página