Notícias

Exposição "Manguezal: Múltiplos Olhares" na Casa Porto das Artes Plásticas

Publicada em 08/02/2024, às 09h00

Por Deyvison Longui (dlbatistaeira$4h064+pref.vitoria.es.gov.br), com edição de Mariana Santos


  • Vida na água
  • Parcerias e meios de implementação

Foto Divulgação
Exposição “Manguezal: Múltiplos Olhares” na Casa Porto das Artes Plásticas
Exposição “Manguezal: Múltiplos Olhares” na Casa Porto das Artes Plásticas (ampliar)

Oportunidade para conhecer e saber mais sobre o manguezal da capital. Está na Casa Porto das Artes Plásticas, localizada no Centro Histórico de Vitória, a exposição itinerante "Manguezal: Múltiplos Olhares". A entrada é gratuita e possui classificação indicativa livre.

A visitação poderá ser feita de segunda a sexta-feira, das 10 às 18h, e, aos sábados, das 10h às 14 horas. A exposição faz parte do cardápio de aprendizagem do projeto "Mangueando na Educação", desenvolvido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), e tem como objetivo oportunizar aos visitantes novos olhares e sensações acerca desse importante ecossistema.

"O Mangueando na Educação é um projeto de educação ambiental em áreas de manguezal realizado com instituições de ensino e comunidades, por meio de processos educativos com o intuito de despertar nos participantes o sentimento de pertencimento quanto a esse ecossistema tão importante para o nosso município, como também sensibilizar para preservação e a sua conservação", destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Tarcísio Föeger.

Foto Divulgação
Exposição “Manguezal: Múltiplos Olhares” na Casa Porto das Artes Plásticas
Exposição “Manguezal: Múltiplos Olhares” na Casa Porto das Artes Plásticas (ampliar)

O secretário ressalta, ainda, que a iniciativa faz parte das atividades elaboradas pela Semmam para o período de andada do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) cujo ciclo teve início em janeiro (de 12 a 17), acontece agora em fevereiro (de 10 a 15) e tem ainda outras duas fases: em março (de 11 a 16) e abril (de 9 a 14).

Exposição

A exposição conta com 32 ilustrações do artista Rogério Dalmonech, resultado de sua visita ao manguezal a bordo de um barco de pescadores da Ilha das Caieiras, demonstrando uma rica experiência estética envolta pelos saberes da educação e da ciência. A força da policromia em sua arte, onde os tons vibrantes se evidenciam nas transparências do branco, revelam a beleza dos elementos por ele representados.

"Queremos contar a história dessa rica experiência estética envolta pelos saberes da educação e da ciência. Utilizo a força da policromia onde os tons vibrantes são evidenciados nas transparências do branco", detalha o artista.

Essa exposição percorre escolas e outros espaços públicos e privados, que queiram abordar o tema. A Gerência e Educação Ambiental (GEA), da Semmam, também oferece assessoria técnica a projetos referentes ao ecossistema manguezal em escolas e demais grupos organizados, além de materiais educativos sobre o manguezal.

Foto Divulgação
Exposição “Manguezal: Múltiplos Olhares” na Casa Porto das Artes Plásticas
Exposição “Manguezal: Múltiplos Olhares” na Casa Porto das Artes Plásticas (ampliar)

Manguezal

Vitória possui uma área territorial de aproximadamente 96,54 km2, sendo que deste total cerca de 12 km2 são de áreas de manguezal. Essas áreas abrigam uma rica diversidade ecológica, social e cultural, que o município vem preservando ao longo dos anos por meio de inúmeras ações socioambientais, dentre as quais vários projetos e ações de educação ambiental.

Serviço
Exposição "Manguezal: Múltiplos Olhares"
Quando: de 2 de fevereiro a 28 de março de 2024.
Onde: Casa Porto das Artes Plásticas - Praça Manoel Silvino Monjardim, 66 - Centro Histórico de Vitória.
Funcionamento: Segundas às sextas das 10 às 18 horas. Sábados das 10 às 14 horas.
Entrada franca e classificação indicativa livre.


Voltar ao topo da página