Notícias

Exposição "Ato Falho" promove oficina de gravura no próximo sábado (21)

Publicada em 17/05/2022, às 14h55 | Atualizada em 17/05/2022, às 15h10

Por Pedro Vargas (pedrovargaseira$4h064+pref.vitoria.es.gov.br), com edição de Andreza Lopes


Foto Divulgação
Ato Falho” segue em cartaz na Casa Porto até o final do mês de julho.
Ato Falho” segue em cartaz na Casa Porto até o final do mês de julho. (ampliar)

A semana começa com novidade para professores  e estudantes que desejarem desbravar o mundo das artes plásticas. É que a Secretaria Municipal de Cultura (Semc), por meio da Casa Porto das Artes Plásticas realiza, no próximo sábado (21), a "Oficina de gravura em material alternativo".

A oficina, que acontece das 10 às 14 horas, tem classificação indicativa livre e se destina professores (licenciatura em qualquer área, pedagogia e artes plásticas), podendo ser realizada também por alunos de graduação.

Foto Divulgação
O objetivo da oficina é difundir entre os educadores a técnica da linguagem artística Gravura.
O objetivo da oficina é difundir entre os educadores a técnica da linguagem artística Gravura. (ampliar)

"O objetivo da oficina é difundir entre os educadores a técnica da linguagem artística 'Gravura', que inicialmente era utilizada como forma de reprodução em grande escala, para que a mesma possa ser utilizada em sala de aula, de forma acessível e segura, visto que em sua origem, a gravura é realizada com ferramentas perfurocortantes. Nessa oficina, serão apresentadas formas de produção dessa linguagem artística de maneira segura e que possa ser utilizada em uma ampla faixa etária", explica a orientadora da atividade, artista e integrante do Grupo Ato Falho, Jovani Dala.

"Será uma oficina teórica-prática com apresentação de algumas formas não tradicionais de produção e reprodução de imagem, utilizando material alternativo e/ou reciclado", completa a instrutora.

Para participar da atividade que ocorre na sede da Casa Porto, no Centro histórico de Vitória, é necessária a realização de inscrição até a próxima sexta-feira (20), por meio deste formulário.

Exposição

A "Oficina de gravura em material alternativo" faz parte de um conjunto de ações da exposição "Ato Falho", em cartaz na Casa Porto desde o último dia 28 de abril.

Foto Divulgação
Oficina de gravura em material alternativo” integra conjunto de ações da exposição “Ato Falho".
Oficina de gravura em material alternativo” integra conjunto de ações da exposição “Ato Falho". (ampliar)

A mostra, que segue até o final do mês de julho, revela inúmeros estímulos e impressões que o cotidiano de viver na capital capixaba proporciona, além de refletir sobre os fenômenos originários do ambiente geográfico e paisagístico, como a Falha de Vitória, que é uma fissura na crosta terrestre que parte do meio do Oceano Atlântico e adentra na América do Sul.

A exibição é composta por obras de oito artistas plásticos capixabas, que veem o sujeito como possuidor de uma crosta habitual que lhe abafa e vem a ser rompida no embate entre a materialidade do local em que vive e do contexto cultural.

A Casa Porto está aberta para visitação de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h e aos sábados das 10h às 14h.


Voltar ao topo da página