Notícias

Educação tem mutirão por documento de identidade

Publicada em 28/09/2022, às 11h10 | Atualizada em 28/09/2022, às 11h12

Por Brunella França (blfrancaeira$4h064+pref.seme.vitoria.es.gov.br), com edição de Andreza Lopes


  • Educação de qualidade
  • Redução das desigualdades
  • Parcerias e meios de implementação

Foto Divulgação
Mutirão identidade na EJA
Mutirão para emissão da Carteira de Identidade para estudantes da EJA. (ampliar)

O documento de identidade é um direito à cidadania. Ter acesso aos documentos pessoais é fundamental, visto que é com eles que uma pessoa tem registrada sua identificação e acesso aos serviços públicos, como o Sistema Único de Saúde (SUS), a rede municipal de ensino, e muitos outros.

Entendendo que a cédula de identidade é o documento básico para identificação civil e primordial ao exercício da cidadania, a coordenação da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Secretaria de Educação de Vitória estabeleceu uma parceria com a Polícia Civil do Espírito Santo para a emissão de 1ª e 2ª via da carteira de identidade (RG) dos estudantes da rede.

Numa perspectiva de inclusão social, a ação é itinerante e vai até a escola onde os estudantes da EJA estão matriculados, totalizando 20 unidades de ensino distribuídas em todo o território de Vitória.

Foto Divulgação
Mutirão identidade na EJA
Mutirão para emissão da Carteira de Identidade para estudantes da EJA. (ampliar)

"A Educação de Jovens e Adultos vai muito além da alfabetização de alguém que, por conta dos atravessamentos da vida, não cursou ou não terminou o ensino básico na infância e adolescência. E por isso essa ação é tão importante. A EJA é também um processo de resgate da autonomia e da independência dos estudantes, que passam a compreender melhor as contas de casa, a ter mais conhecimento sobre o seu trabalho, a não depender mais de alguém para se locomover no transporte público. E o documento de identidade é fundamental, é através desse registro que passamos a ser cidadãos, plenos de direitos", destacou a secretária de Educação de Vitória, Juliana Rohsner.

Como funciona

Os atendimentos aos estudantes começaram no dia 14 de setembro, na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Francisco Lacerda de Aguiar, em São Pedro, nos dias 14, 15 e 20 de setembro, depois, foi a vez da Emef Alvimar Silva, em Santo Antônio, no último dia 22. Haverá um novo atendimento na escola nesta quinta-feira (29).

Foto Divulgação
Mutirão identidade na EJA
Mutirão para emissão da Carteira de Identidade para estudantes da EJA. (ampliar)

O mutirão segue com ações até dezembro e está programado para encerrar na Emef Professor Admardo Serafim de Oliveira, em Gurigica.

Os dados dos estudantes são coletados nas unidades de ensino e, após 60 dias, eles fazem a retirada do documento na Casa do Cidadão, em Itararé. Até o momento, 132 estudantes já foram atendidos pela ação.

O cronograma é divulgado às comunidades com antecedência para que os estudantes possam providenciar: uma foto 3x4 recente com fundo branco e sem óculos; cópia da certidão de nascimento ou casamento; cópia do comprovante de residência. Caso o estudante da EJA deseje que outros documentos estejam listados no RG, é preciso levar a cópia simples desses documentos.


Voltar ao topo da página