Notícias

Educação Especial: fórum fortalece parceria entre escola e famílias

Publicada em 15/09/2022, às 12h15 | Atualizada em 15/09/2022, às 12h20

Por Brunella França (blfrancaeira$4h064+pref.seme.vitoria.es.gov.br), com edição de Andreza Lopes

Com a colaboração de Luis Oliveira


  • Educação de qualidade

Foto Divulgação
Emef Zilda Andrade
Fórum de famílias de estudantes da Educação Especial" na Emef Zilda Andrade. (ampliar)

Trocar experiências e informações pertinentes, dialogar e avaliar propostas, fomentando uma parceria entre famílias, escola e equipe pedagógica. Essa é a proposta do "Fórum de famílias de estudantes da Educação Especial", realizado pela Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Zilda Andrade, que fica no bairro Da Penha.

O objetivo é fortalecer a relação com os familiares e responsáveis pelos estudantes público-alvo do Atendimento Educacional Especializado (AEE), trazendo-os para o espaço escolar para discutir e avaliar estratégias e propostas que favoreçam o processo de ensino-aprendizagem.

Além de rodas de conversa periódicas, a escola também promoveu uma palestra da fonoaudióloga Larissa Borges, com o tema "Desenvolvimento da Linguagem: A importância da fonoaudiologia no processo escolar". Para a equipe escolar, são ações fundamentais para manter a interação entre os pares e fortalecer vínculos.

"O projeto tem sido essencial para conhecermos de perto cada família, proporcionar um espaço de interação e contribuir de alguma forma com o desenvolvimento dos estudantes. Escrevemos esse projeto em 2019 na tentativa de criar um espaço comum de formação para pais, responsáveis e profissionais da escola. Desde então procuramos organizar cada encontro de acordo com as necessidades que percebemos nos estudantes e seus familiares", conta a coordenadora de turno e idealizadora do projeto Tamille Milanezi.

Para a diretora da unidade de ensino, Gisana Paradizzo, o fórum é uma estratégia importante para fortalecer a integração com as famílias.

"Esses encontros periódicos, que proporcionam rodas de conversa, trocas de experiências e muito aprendizado, ampliam a importância da inclusão e estabelecem uma relação cada vez mais próxima das famílias com a escola. Acreditamos que essas ações criam laços de afeto e confiança fundamentais para o processo de conhecimento e de ensino-aprendizagem dos estudantes público-alvo da Educação Especial", explicou.

Foto Divulgação
Emef Zilda Andrade
Fórum de famílias de estudantes da Educação Especial" na Emef Zilda Andrade. (ampliar)

Participação

Para Dicleia Freitas, mãe de Claiton, do 8º ano, as reuniões do fórum têm sido positivas. "São boas oportunidades. A palestra com a fonoaudióloga, por exemplo, foi muito importante, pois eu não tinha conhecimento de algum exame que eu poderia fazer no meu filho depois de grande, e ela explicou sobre o exame de audiometria e o que eu deveria que fazer", disse.

Marilucia de Souza é mãe do estudante Maycon, do 5º ano, e também tem aproveitado os encontros do fórum para trocar experiências com o grupo. "É muito bom quando temos alguém para nos orientar. Eu fiz exame da orelhinha quando ele era bebê e achei que não existia outro. Na palestra, a fonoaudióloga explicou sobre o exame de audiometria e agora o meu filho vai fazer", contou.

Colhendo resultados

A professora da Educação Especial Gersonita Barros convive diariamente com os estudantes e acompanha de perto a trajetória escolar de cada um deles. Ela afirma que os encontros com as famílias já têm feito a diferença.

"Antes eu percebia que as famílias não tinham informação de onde, por exemplo, levar seus filhos para fazer um exame de audiometria. E após o segundo encontro do fórum, com a palestra da fonoaudióloga, foi sinalizado para as famílias os locais e atitudes que devem ser tomadas no dia a dia com seus filhos. Isso nos ajuda enquanto professores no nosso trabalho com os estudantes, pois passamos a compreendê-los melhor, principalmente quando eles não conseguem interagir ou verbalizar o que estão pensando ou sentindo. Os encontros têm sido muito bons", afirmou.


Voltar ao topo da página