Notícias

Educação, cultura e arte: começa o Festival de Linguagens Integradas de Vitória

Publicada em 13/09/2022, às 18h10 | Atualizada em 13/09/2022, às 18h47

Por Brunella França (blfrancaeira$4h064+pref.seme.vitoria.es.gov.br), com edição de Andreza Lopes

Com a colaboração de Luis Oliveira


  • Educação de qualidade

Leonardo Silveira
VII Festival de Linguagens Integradas - Práticas Culturais
Festival de Linguagens Integradas de Vitória. (ampliar)
Leonardo Silveira
VII Festival de Linguagens Integradas - Práticas Culturais
Festival de Linguagens Integradas de Vitória. (ampliar)

Uma festa da educação, com muita cultura, arte, diversão, troca de experiências, emoção e aplausos. A 8ª edição do Festival de Linguagens Integradas teve início nesta terça-feira (13), no Teatro Sesc Glória, no Centro da cidade, e reuniu mais de 800 crianças e estudantes da rede municipal de ensino, que realizaram apresentações de circo, dança, ginástica, maculelê, música e teatro.

 A Secretária de Educação, Juliana Rohsner, fez questão de acompanhar de perto as apresentações e saudou a plateia, agradecendo a todos pelo esforço e dedicação que investiram nas últimas semanas para possibilitar a realização do festival.

 "É uma grande alegria estar aqui no Festival de Linguagens Integradas, um evento tradicional da nossa cidade. Sabemos que um evento dessas proporções exige muito trabalho e dedicação de muita gente, e por isso agradeço e parabenizo todos os profissionais das escolas e à equipe da Secretaria de Educação. Desejo que todos aproveitem muito o festival e que possamos continuar fazendo uma educação que faça sentido, que afete, que transforme e que mexa com as emoções", disse. 

Os responsáveis por iniciar as apresentações do dia foram os estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Álvaro de Castro Mattos, do bairro Jardim da Penha, que apresentaram a peça teatral "brincando com os saltimbancos", com direito à figurino e coreografia. Laura Martinusso, do 4º ano, falou sobre a emoção vivida no palco.  

"Eu estava muito ansiosa, mas no final deu tudo certo. Foi uma oportunidade muito incrível, a primeira vez que subi no palco, ser num teatro tão belo como esse, apresentando para pessoas que nunca vi antes. Estou muito feliz e grata que saiu tudo como planejamos e ensaiamos", disse. 

Produções culturais

Com movimentos de ginástica e acrobacias, os estudantes da Emef Edna de Mattos Siqueira Gaudio, que fica em Bento Ferreira, encantaram a plateia com a apresentação "Ser diferente é normal". "Foi muito bom, no começo ficamos muito nervosas, mas depois que subimos saiu tudo como ensaiamos. Que momento especial! Vamos nos lembrar para sempre deste dia", relataram as estudantes Katheyne Amaral, do 7º ano, e Alice Silva, do 6º. 

Quem também fez bonito foram os estudantes da Emef Castelo Branco, que fica na Ilha do Princípe. Foram duas apresentações, sendo uma dança com o tema "Primavera Musical" e um musical com o tema "Canto Africano". Sofia Ramires e Kemilly Batista, estudantes do 4º ano, contaram sobre a experiência que vivenciaram no festival. "Eu nunca tinha tido ido a um teatro. Vir aqui pela primeira vez, e ainda subir no palco e me apresentar foi incrível! Ensaiamos muito, mas valeu a pena todo o esforço e nervosismo", disseram.

 O tradicional coral da Emef Juscelino Kubitschek de Oliveira, que fica em Maria Ortiz, entrou em ação e recebeu chuva de aplausos do público, após apresentarem o musical "A arte musical na escola". "Nos primeiros momentos veio o nervosismo e o medo de algo sair errado, mas deu tudo certo! Fomos todos super bem e acho que fizemos uma bela apresentação. Esse teatro é belíssimo e cantar aqui foi uma honra", contou a estudante do 5º ano, Amália Rocha. 

Festival de Linguagens Integradas de Vitória

O festival 

O Festival de Linguagens Integradas da Secretaria de Educação (Seme) de Vitória valoriza as experiências curriculares de crianças, estudantes e professores da rede municipal de ensino como construção coletiva voltada para a exposição e a partilha dos conhecimentos produzidos por esses sujeitos nos diferentes espaços-tempo do cotidiano escolar por meio dos componentes curriculares. 

A realização do Festival incentiva a construção de uma cultura de aproximação intencional das unidades de ensino com as comunidades, evidenciando as possibilidades formativas de uma educação estética e para o lazer, que visa à formação ética e de cidadania para intervenção no meio social de maneira autônoma e emancipada, valorizando os bens culturais construídos historicamente pela humanidade.

 São três momentos que movimentam a rede de ensino: as apresentações de Práticas Culturais; os Jogos Municipais Escolares de Vitória (Jemvi), cuja abertura será no próximo dia 19; e o festival de Práticas Corporais, marcado para ocorrer em outubro, reunindo atividades de jogos e brincadeiras. 

O festival continua na quarta-feira (14), com mais produções culturais e artísticas realizadas por estudantes da rede municipal de ensino. 

Programação 

 

Quarta-feira (14) - Manhã 
 

  • Paraquedas; Emef João Bandeira, Consolação;
  • Dança da fita; Emef Alvimar Silva, Santo Antônio;
  • Mulher Negra Empoderada; Cmei Carlita Corrêa Pessoa, Piedade;
  • A Linda Rosa Juvenil; Emef TI Anacleta Schneider Lucas, Fonte Grande;
  • Pout-pourri de Cantigas de Roda e Ritmos Musicais; Cmei Denizart Santos, Ilha do Príncipe;
  • Congo: Ilha de Luz e Cor; Emef TI Anacleta Schneider Lucas, Fonte Grande;
  • Ginástica Geral; Emef TI Eunice Pereira Silveira, Tabuazeiro;
  • All About Colors; Emef Regina Maria Silva, Inhanguetá;
  • Livro te faz livre; Cmei Yolanda Lucas da Silva, Inhanguetá;
  • A Arte Musical na Escola; Emef Arthur da Costa e Silva, República.

 

Quarta-feira (14) - Tarde 
  

  • O Vagão do Maculelê; Cmei TI Menino Jesus, Centro;
  • O Mistério do Sumiço dos Quatro Pilares da Escola Mágica; Emef TI Moacyr Avidos, Ilha do Príncipe;
  • Elementos Musicais in Concert; Emef Suzete Cuendet, Maruípe;
  • Quem Compartilha Felicidade, Multiplica; Cmei Álvaro Fernandes Lima, Bela Vista;
  • As Vogais; Cmei Odila Simões, Santa Tereza;
  • Mostra o Som do Black; Cmei Carlita Corrêa Pereira, Piedade;
  • A Água; Cmei Rubens Duarte de Albuquerque, Itararé;
  • All About Colors; Emef Regina Maria Silva, Inhanguetá.
Leonardo Silveira
VII Festival de Linguagens Integradas - Práticas Culturais
Festival de Linguagens Integradas de Vitória. (ampliar)
Leonardo Silveira
VII Festival de Linguagens Integradas - Práticas Culturais
Festival de Linguagens Integradas de Vitória. (ampliar)

Voltar ao topo da página