Notícias

Crianças convidam prefeito para um bate papo sobre solidariedade

Publicada em 12/09/2022, às 14h15 | Atualizada em 12/09/2022, às 14h19

Por Brunella França (blfrancaeira$4h064+pref.seme.vitoria.es.gov.br), com edição de Andreza Lopes

Com a colaboração de Luis Oliveira


  • Educação de qualidade

Carlos Antolini
CMEI Dr Denizart Santos - Projeto Institucional, A Ilha e Seus Encantos
Projeto "As histórias de solidariedade na Ilha do Príncipe que eu nunca esqueci", desenvolvido crianças do Cmei Dr. Denizart Santos. (ampliar)
Carlos Antolini
CMEI Dr Denizart Santos - Projeto Institucional, A Ilha e Seus Encantos
Projeto "As histórias de solidariedade na Ilha do Príncipe que eu nunca esqueci", desenvolvido crianças do Cmei Dr. Denizart Santos. (ampliar)

O projeto "As histórias de solidariedade na Ilha do Príncipe que eu nunca esqueci", desenvolvido com a turma do grupo 6 do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Dr. Denizart Santos, na Ilha do Príncipe, tem por objetivo compartilhar histórias de solidariedade, carinho e amor ao próximo, valorizando a história do bairro em que vivem. Por isso, para buscar e conhecer exemplos de ações que transformam a vida das pessoas, as crianças tiveram a ideia de escrever uma carta ao prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, o convidando para um bate papo e também para conhecer o projeto. O gestor fez questão de ir ao encontro das crianças, na manhã desta segunda feira (12). 

"Temos uma máquina de coraçãozinho de amor, ela contou muitas histórias. Você tem um projeto de construir uma máquina de coraçãozinho de amor? Quer conhecer nossa máquina? Está lendo nossa carta com amor e carinho? Na Prefeitura tem uma máquina de fazer corações? Acha que é importante ter amor e carinho? Você tem um amor?", diz um trecho da carta.

O prefeito respondeu a todas as perguntas da animada turma, recebeu a carta e uma "máquina do amor", que é uma caixa em que as crianças reuniram histórias de solidariedade e amor ao próximo que conheceram pelo bairro. Além disso, ele contou sobre o projeto Casa Feliz e Segura, que assegura o acesso de famílias de baixa renda à moradia digna e segura, que já entregou 128 residências, incluindo dois residenciais, e irá reformar mais 200 novas residências.

"Uma das perguntas da carta era se eu tenho um amor. Eu tenho sim, a cidade de Vitória. A gente ama a nossa cidade, por isso trabalhamos muito todos os dias para cuidar dela. Queremos espalhar 'máquinas do amor', como a que as crianças fizeram, mas não só aqui na Ilha do Príncipe, são 80 bairros que compõem a nossa cidade, além de 103 escolas como esta, que merecem carinho, atenção e cuidado por parte do poder público. Esse é o nosso papel", disse Pazolini para as crianças. 

Carlos Antolini
CMEI Dr Denizart Santos - Projeto Institucional, A Ilha e Seus Encantos
Projeto "As histórias de solidariedade na Ilha do Príncipe que eu nunca esqueci", desenvolvido crianças do Cmei Dr. Denizart Santos. (ampliar)
Carlos Antolini
CMEI Dr Denizart Santos - Projeto Institucional, A Ilha e Seus Encantos
Projeto "As histórias de solidariedade na Ilha do Príncipe que eu nunca esqueci", desenvolvido crianças do Cmei Dr. Denizart Santos. (ampliar)

À frente da Secretaria de Educação de Vitória (Seme), a secretária Juliana Rohsner também esteve presente e falou sobre o protagonismo das crianças. "Foi lindo perceber o engajamento das crianças no projeto de solidariedade. Elas conversaram com o Prefeito com muita propriedade contando sobre suas invenções. Ver seus olhinhos brilhando aquece nosso coração. Pois essa é a educação que acreditamos, uma educação cheia de sentido e significado. Uma aprendizagem que fica marcada no coração de cada criança", disse. 

Crianças convidam prefeito para um bate papo sobre solidariedade

Fernanda Vilela, coordenadora da Educação Infantil da Seme, falou sobre a importância do projeto para a trajetória escolar das crianças. "Vivenciamos aqui um momento marcante que certamente fará a diferença na vida desses futuros cidadãos. O olhar ao território, a pesquisa, a valorização da sua história, o desejo de efetivar mudanças e a partir das enunciações infantis, com toda força da infância, possibilitam dialogar sobre a concretização de ações que impactam o presente e o futuro", disse. 

Solidariedade e amor

O projeto foi desenvolvido pela professora Maria da Penha Assunção. Segundo ela, a turma já havia encontrado vários exemplos de boas ações pelo bairro. Foi aí que surgiu a ideia de convidar o prefeito, para conhecer as iniciativas do poder público que trazem qualidade de vida e dignidade para a população.

Os pequenos ficaram encantados com o bate papo com o prefeito. A Maria Eduarda participou ativamente da conversa e conta que aprendeu bastante. "Eu achei muito legal. Adorei quando ele disse que amava as pessoas. Gostei do projeto da prefeitura de fazer casas para as pessoas!", disse.

"Eu gostei porque ouvi os segredos do projeto da Casa Feliz e Segura. Muito legal que as pessoas vão ter casas novas", disse o Jhonnys Rigone.  

Carlos Antolini
CMEI Dr Denizart Santos - Projeto Institucional, A Ilha e Seus Encantos
Projeto "As histórias de solidariedade na Ilha do Príncipe que eu nunca esqueci", desenvolvido crianças do Cmei Dr. Denizart Santos. (ampliar)
Carlos Antolini
CMEI Dr Denizart Santos - Projeto Institucional, A Ilha e Seus Encantos
Projeto "As histórias de solidariedade na Ilha do Príncipe que eu nunca esqueci", desenvolvido crianças do Cmei Dr. Denizart Santos. (ampliar)

Voltar ao topo da página