Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Assistido da Escola da Vida renova sua vida com jogos de xadrez

Publicada em 16/09/2019, às 14h09

Por Paula M. Bourguignon (pmacbourguignon@vitoria.es.gov.br) | Com edição de SEGES/SUB-COM


Guiomedce Paixao

xadrez na escola da vida Rubens

Assistido João Rubens Magalhães disputa partidas de xadrez fora de Vitória

"Fiquei quase quatro anos dormindo na casa de amigos, às vezes, em abrigo de ônibus ou no banco das praças. Nunca me senti derrotado por isso. Vi que eu precisava sair dessa questão de vulnerabilidade. Queria ter o que comer, tomar um banho e ter onde dormir. Com o apoio e a confiança do Centro de Referência Especializado de Assistência Social para População de Rua (Centro-Pop), da Escola da Vida e do Abrigo Noturno, consegui sair das ruas", disse o assistido João Rubens Magalhães, 61.

Com o projeto "Construindo Novos Caminhos", desenvolvido na Escola da Vida, João Rubens foi convidado a participar da oficina de xadrez que acontece no local. Após mudar de vida, ele contará sua experiência e sua caminhada rumo a uma vida mais digna, nesta terça-feira (17), na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Aristóbulo Barbosa Leão, em Bento Ferreira, às 14 horas.

Nos finais de semana, ele participa de partidas de xadrez em variados locais, como Fábrica de Ideias, Santa Maria de Jeribá e Bom Jesus do Norte. Para transporte e hospedagens para partidas fora do município, João Rubens conta com a parceria do projeto Sou Diferente.

Guiomedce Paixao

xadrez na escola da vida Rubens

Luiz Melo destaca que João Rubens é referência para demais assistidos da Escola da Vida

Raciocínio

O xadrez é considerado um esporte mental. É um jogo que não depende da sorte, mas sim de raciocínio lógico, trabalhando a concentração e a memória. 

"A grande experiência que as partidas de xadrez me deu foi a inteligência emocional. Meu xeque-mate na vida foi querer estar bem comigo mesmo e ser feliz. Já pratiquei taekwondo, mas precisava de algo mais desafiador, como conhecer a mente humana", explicou João Rubens.

Ele ainda elogio o atendimento da Escola da Vida. "Na Escola da Vida, consigo treinar, ler e estudar. Não sou superdotado de inteligência. Preciso me aprofundar todos os dias um pouco, assim é preciso um ambiente calmo, com boa luz e com livros que me passem esse conhecimento teórico-prático para, quem sabe, chegar ao nível desses exemplos de profissionais. O grande lance está no emocional e na disciplina tática". 

Potencialidades

"Sempre que um assistido se destaca em uma habilidade ou potencialidade, ele se torna referência e cria um sentimento que outros podem se reerguer e podem alcançar seus sonhos. Hoje, com o João Rubens jogando e disputando os torneios de xadrez, temos um exemplo positivo para eles. O grande objetivo de Escola da Vida é este: desenvolver as potencialidades de cada assistido", reforçou o gerente da Escola da Vida, Luiz Melo.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site