Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Projeto Moradias Alternativas faz oficinas para população em situação de rua

Publicada em 16/01/2020, às 11h00

Por Andrea Oliveira (anaoliveira@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Josué de Oliveira


  • Erradicação da pobreza
  • Redução das desigualdades

Divulgação SEMOHAB

Programa Moradias Alternativas - Oficina de Retalho

Durante todo o ano o projeto realizou várias oficinas (Ampliar imagem)

Divulgação SEMOHAB

Participantes do Programa Moradias Alternativas

Cerca de 30 pessoas participaram da sessão do filme Rei Leão (Ampliar imagem)

O ano de 2019 foi de muita atividade para os beneficiários do Projeto Moradias Alternativas (PMA). Durante todo o ano, a parceria entre Secretaria de Obras e Habitação (Semohab) e a Escola da Vida proporcionou a todos mais conhecimento, descontração e desenvolvimento pessoal. Foram realizadas oficinas de mosaico, xadrez e retalhos, um passeio pela nossa cidade e sessão de cinema.

Em fevereiro de 2019, as famílias que viviam em situação de rua que participam do projeto estiveram em uma oficina de mosaico, onde aprenderam a arte de criar com pedaços de papel. Em março, elas fizeram um passeio pela nossa cidade para conhecerem os diversos bairros de Vitória.

Em junho e agosto, participaram de uma oficina de retalhos; e em setembro e outubro aprenderam táticas de xadrez com um xadrezista profissional e beneficiário do projeto, João Rubens Magalhães.

Juliana Soares Fernandes, assistente social da Semohab, disse que cada oficina foi planejada para proporcionar mais aprendizado e interação social entre os beneficiários. “Nosso objetivo com as oficinas era mostrar que sempre é possível aprender algo novo com a troca de experiências”, explicou.

A sessão de cinema com o filme O Rei Leão aconteceu no último encontro do ano e contou com a presença de 30 pessoas, entre beneficiários do projeto e assistentes sociais da Secretaria de Obras e Habitação, Secretaria de Saúde, Secretaria de Assistência Social e Escola da Vida.

Para Ana Paula das Neves, 41 anos, desempregada e mãe de dois filhos, foi uma festa. Ela nunca havia ido ao cinema até este dia. “Meu filho mais velho já foi ao cinema com a escola, mas eu e o mais novo ainda não conhecemos. Fiz questão de que os dois participassem comigo deste momento”, contou emocionada.

Ana Paula é beneficiária do projeto há dois anos e antes morava no Alagoano. Após uma vida com muita dificuldade, foi encaminhada para um abrigo da Prefeitura de Vitória, onde ficou por três anos. Atualmente mora no bairro Bonfim e contou que nova casa é perfeita. “Deus me tirou do lixo e me colocou no luxo”, disse.

Benefícios

Coordenado pela Semohab, o projeto Moradias Alternativas é destinado às pessoas que se encontravam em situação de rua no município de Vitória. Dois benefícios podem ser ofertados aos munícipes: o Bolsa Moradia (aluguel social) e o Auxílio Moradia.

Com o primeiro benefício, o cidadão recebe um valor de até um salário mínimo que só pode ser usado para o pagamento do aluguel de uma casa. Com o segundo benefício, o munícipe recebe um cheque no valor de até R$ 60 mil para a compra de uma casa em qualquer cidade do Estado do Espírito Santo. Este cheque é pago diretamente ao proprietário do imóvel no ato da assinatura do contrato de compra e venda.

“Este projeto é fundamental para proporcionar às pessoas em situação de rua o resgate da cidadania. Isso é buscar soluções para o retorno da dignidade”, disse o Vice-Prefeito e Secretário de Obras e Habitação, Sérgio Sá. Ele ainda frisou a excelente parceria com a Escola da Vida e em como as ações realizadas são positivas para proporcionar autonomia aos beneficiários.

Projeto Moradias Alternativas

Presente na Lei Municipal nº 6592/2006, o Projeto Moradias Alternativas teve suas ações iniciadas em 2013. Ao todo, 60 famílias que viviam em situação de rua, hoje recebem a bolsa moradia (aluguel social) e têm suas rotinas acompanhadas pela comissão intersetorial composta pelas secretarias municipais de Obras e Habitação, Cultura, Esportes, Cidadania e Direitos Humanos, Saúde, Educação e Assistência Social da Prefeitura de Vitória.

Para ingressar no projeto é necessário que a pessoa em situação de rua esteja referenciada na Rede de Proteção Social Especial de Média e Alta Complexidade do município de Vitória pelo período de, no mínimo, um ano ininterrupto.

Escola da Vida

A Escola da Vida é um equipamento da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) direcionado às pessoas em situação de rua que estão inseridas em um dos diversos serviços disponibilizados pela rede de proteção social.

No espaço, os assistidos desenvolvem diversas atividades coletivas e individuais, visando fortalecer a capacidade de expressão e autoconhecimento. As atividades podem variar entre palestras, dinâmicas, oficinas e workshops e abordam temas diversos, como empreendedorismo, projetos de vida, criatividade, liderança e dentre outras.

A Escola da Vida fica na rodovia Serafim Derenzi, 4452, no bairro São José, em frente ao Banestes. Telefone: 3332-5976


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site