Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Vitória inicia Semana do Bebê com seminário sobre amamentação

Publicada em 02/08/2019, às 16h53 | Atualizada em 02/08/2019, às 16h55

Por Giovana Rebuli Santos (girsantos@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


André Sobral

Semana do Bebé no Sebrae

Pais e mães tiveram a oportunidade de relatar experiências e cuidados com os filhos durante o seminário (Ampliar imagem)

Ninguém discute que cuidar de um bebê é uma tarefa difícil e que exige dedicação, persistência e apoio, especialmente nos primeiros meses de vida. Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) promoveu, na tarde desta última quinta-feira (1º), o seminário “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação, hoje e no futuro”, abordando os principais desafios para as famílias e propondo soluções.

A secretária executiva da Semus, Renata Madureira, lembrou que o evento é um momento importante para troca de experiências entre profissionais de saúde. "É preciso um novo conceito de produzir saúde, entendendo a importância das práticas tradicionais, mas também trazendo propostas coletivas na busca da saúde das pessoas, considerando articulações conjuntas com secretarias diferentes, Governo do Estado, instituições de ensino superior e também com aqueles que utilizam nossos serviços, reconhecendo-os como sujeitos que fazem parte desse processo", afirma.

Consultora e representante da Unicef, Vânia Tardin ressaltou que o seminário traz elementos fundamentais para a entidade: a intersetorialidade, a territorialidade e a gravidez na adolescência. "A Semus acertou ao articular esse movimento com secretarias diferentes e considerar as realidades de cada território, inserindo também os adolescentes que se tornam pais e mães. Nosso objetivo é alcançar o público que queremos, promovendo saúde, educação, cuidados e proteção".

Palestras

O evento contou com palestras de pediatras de várias áreas, abordando desde questões psicológicas que influenciam no aleitamento materno, até a participação dos pais no apoio às mães que amamentam.

Durante o seminário, também foram apresentadas sugestões que ajudam pais e mães adolescentes a exercerem suas maternidades e paternidades nessa fase da vida.

Experiências

André Sobral

Semana do Bebé no Sebrae

Evento contou com palestras de especialistas acerca da importância da amamentação e da divisão de tarefas (Ampliar imagem)

Na 6ª edição do evento, houve espaço para depoimentos sobre amamentação. Marta Bento Conceição, paciente da Unidade de Saúde de Resistência, mãe de três filhos, contou sobre o aleitamento de sua filha mais nova, Mariana.

Ela afirmou que participar das palestras na US sobre o papel dos pais na criação dos filhos fez toda a diferença. "Antes eu achava que meu marido não saberia cuidar. Com meus primeiros filhos, ele não cuidou tanto. Mas com ele participando do pré-natal, eu percebi que ele podia ajudar com a Mari e ele participou muito".

Ligia Mara Coser, mãe do Mateus, contou como ela e seu esposo dividem os cuidados com o bebê, além do seu retorno ao trabalho. "Quando eu voltei a trabalhar, meu esposo ficou com nosso filho em casa. Então ele levava o Mateus até meu trabalho para mamar ou buscava o leite que eu tirava no trabalho e levava para nosso filho em casa. O apoio no trabalho também tem sido muito importante Eu sinto muita alegria em amamentar meu filho e espero fazer isso até quando ele quiser".

A família Lozer contou especialmente com o depoimento do pai, Fred Ferreira Lozer, servidor da Semus. "Eu era muito demandado especialmente quando minha esposa precisava descansar, o que parecia natural, pois eu via o quanto a amamentação exigia dela. Fiz questão de participar de todas as consultas do pré-natal e com o pediatra depois. Para mim, a amamentação foi fundamental para nosso filho mais velho ter a saúde tão boa até a hoje e ser tão carinhoso conosco", declara.

Izabela Endlich Leite Lozer elogiou o apoio do marido, reforçando que, sem ele, não teria conseguido amamentar o filho Enrico como queria. "O Enrico recebeu aleitamento exclusivo até os seis meses e de forma complementar até os dois anos e 5 meses. Com a Maria Clara, agora com três meses, estamos no aleitamento exclusivo. E o Fred me ajuda principalmente dando suporte ao Enrico, já que amamentar sob livre demanda é ficar quase exclusivamente com o bebê. Todo esse companheirismo e compreensão nos tornam mais unidos enquanto família", declara.

Matérias relacionadas

Vitória e Unicef promovem diálogo sobre gravidez na adolescência

Campanha Agosto Dourado incentiva amamentação em Vitória


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site