Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Sarampo: quase 28 mil pessoas são vacinadas contra a doença em Vitória este ano

Publicada em 09/09/2019, às 16h15

Por Giovana Rebuli Santos (girsantos@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


André Sobral

Servidores serão vacinados contra seis doenças durante o mutirão

Pacientes podem fazer o agendamento online para buscar a vacinação contra o sarampo

De janeiro a agosto deste ano, cerca de 28 mil pessoas foram imunizadas contra o sarampo em Vitória. Apenas no mês de agosto, foram 15.776 pessoas.

Em agosto do ano passado, foram cerca de 1,5 mil pessoas vacinadas contra a doença. Os números são expressivos e demonstram o quanto a rede de saúde da capital está bem organizada e distribuída, sem precisar abrir unidades de saúde nos finais de semana.

"Das 29 unidades de saúde da capital, 28 possuem salas de imunização. Com a criação do agendamento online para vacinas, conseguimos organizar a população a buscar esse serviço de maneira organizada, sem precisar enfrentar filas, escolhendo o dia e a hora de se imunizar com tranquilidade e segurança", explica a secretária municipal de Saúde, Cátia Lisboa.

Vigilância

Desde o ressurgimento dos primeiros casos de sarampo na região Sudeste do Brasil, no final do ano passado, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) trabalhou para evitar o retorno da doença à capital e colocou em prática o "Plano Verão de Enfrentamento ao Sarampo".

André Sobral

Campanha Vacinação Sarampo Ufes

Equipe da Vigilância Epidemiológica fez buscas ativas em vários espaços para a imunização, como na Ufes (Ampliar imagem)

As equipes vacinaram seletivamente taxistas e trabalhadores da rede hoteleira, do Aeroporto e do Porto de Vitória. Depois desse período, a equipe da Vigilância continuou as buscas ativas em escolas, universidades, centros superiores de ensino e até shoppings de Vitória, identificando quem precisava se imunizar e realizando a vacinação.

"Nós seguimos os critérios de indicação da vacina feitos pelo Ministério da Saúde. Se a pessoa tem até 29 anos, ela precisa ter duas doses da vacina contra sarampo. Se ela está entre 30 e 49 anos, precisa receber uma dose. Se a pessoa perdeu o cartão de vacina, deverá tomar as doses indicadas no calendário", explica a coordenadora de Vigilância Epidemiológica de Vitória, Tatiane Comério.

Tatiane ressalta que, além da imunização contra sarampo, a Semus oferta outros 16 tipos de vacinas para diferentes faixas etárias. "O cartão de vacina vale por toda a vida. Por isso é muito importante mantê-lo atualizado. Em casos de dúvidas, os profissionais das salas de vacina nas unidades de saúde podem orientar", afirma.

Quem precisa se imunizar

Bebês
– 6 meses a 11 meses: desde o dia 14, podem receber uma dose extra contra o sarampo
– 12 meses: na vacina tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola)
– 15 meses: na vacina tetra viral (2ª dose contra sarampo, caxumba, rubéola e 1ª dose contra varicela)

Crianças e adultos
- Idade de 1 a 29 anos: duas doses
- Idade entre 30 e 49 anos: uma dose

Em Vitória, a cobertura vacinal para sarampo é de 104% na faixa etária de menores de 2 anos.

Salas de vacinação

Para se imunizar, basta agendar seu horário de imunização pelo site, pelo Agendamento Online ou se dirigir diretamente a uma das 28 salas de imunização em Vitória: Andorinhas, Ilha das Caieiras, Maruípe, Praia do Suá, República, Resistência, Santa Luiza, Santo André, Santo Antônio, Vitória/Parque Moscoso, Alagoano, São Pedro V, Bairro da Penha, Quadro, Grande Vitória, Consolação, Ilha de Santa Maria, Ilha do Príncipe, Jabour, Jesus de Nazareth, Maria Ortiz, Santa Martha, São Cristóvão, Forte São João, Jardim Camburi, Jardim da Penha, Conquista e Itararé.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site