Notícias

PMV lança edital de reforma da praça Getúlio Vargas e obra do Mirante do Porto

Publicada em 07/02/2024, às 09h50 | Atualizada em 07/02/2024, às 09h58

Por Marcus Monteiro (mmonteiroeira$4h064+pref.vitoria.es.gov.br), com edição de SEGOV/SUB-COM


  • Saúde e bem-estar
  • Indústria, inovação e infraestrutura

Leonardo Duarte
Lançamento do Edital da reforma da praça Getulio Vargas e Mirante do Porto
Leonardo Duarte
Lançamento do Edital da reforma da praça Getulio Vargas e Mirante do Porto

A Prefeitura de Vitória lançou o edital para a reurbanização da Praça Getúlio Vargas e construção do Mirante do Porto, com um orçamento de R$8.220.755,12 e prazo de 18 meses de obras. A solenidade foi realizada nesta terça-feira (6), na sala de reuniões da PMV.

As intervenções fazem parte de um conjunto de obras - concluídas e em andamento - que visam retomar o protagonismo do Centro na vida financeira, comercial e cultural de Vitória, melhorando a acessibilidade, valorizando a paisagem da baía e conectando percursos de mobilidade.

"Estamos resgatando a praça como ambiente de convivência social e de contemplação da baía de Vitória. Vamos retomar a frequência que a praça teve no passado, como o local de encontro das pessoas e o Mirante do Porto, que é um local subutilizado, será uma área de contemplação da baía de Vitória", explicou o prefeito Lorenzo Pazolini.

O prefeito lembrou que o Centro de Vitória já recuperou sua autoestima. "É a segunda área de maior valorização imobiliária da cidade. Concluímos o residencial Santa Cecília, a restauração do Viaduto Caramuru e a reforma do Museu Capixaba do Negro. Estamos investindo na reforma do Mercado da Capixaba e na construção da EMEF São Vicente de Paula. Vamos integrar este novo empreendimento com a nova Beira Mar, que está sendo projetada", afirmou Pazolini.

Foto Divulgação
Lançado edital de reforma da praça Getúlio Vargas e obra do Mirante do Porto
Foto Divulgação
reforma praça

Os projetos foram apresentados para lideranças comunitárias, vereadores e representantes do comércio local. São estas as diretrizes para intervenções na praça Getúlio Vargas: a abertura de visadas para valorizar e oportunizar a contemplação da paisagem existente, especialmente a marítima/natural; criação de trajetos entre as avenidas Princesa Isabel e Beira Mar, bem como entre ruas Aristides Campos e coronel Vicente Peixoto; aproveitamento das áreas sombreadas para o desenvolvimento de atividades de maior permanência.

 São objetivos do projeto ainda: a criação de espaços que oportunizem a apropriação da praça como extensão das lojas voltadas para o interior da praça, para estimular a frequência de usuários no local; manutenção das árvores, com aproveitamento máximo do conforto térmico já ofertado no espaço e melhoria da iluminação pública, visando fomentar a sensação de segurança.

A construção da praça Mirante do Porto tem como diretrizes: a promoção de calçadas seguras, confortáveis e acessíveis; destaque da paisagem existente, oportunizando espaços para contemplação; humanização dos percursos por meio da inclusão de áreas ajardinadas e arborizadas e de mobiliário urbano que incentivem a permanência e o uso do espaço urbano como local de convivência.

Bem como a melhoria da iluminação pública local par manter a permanência de pedestres nos logradouros, visando proporcionar ambientes mais acolhedores e aumentar a sensação de segurança dos moradores e usuários do espaço.

Foto Divulgação
reforma praça
Foto Divulgação
reforma praça

Voltar ao topo da página