Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Pessoas em situação de rua transformam emoções em produções artísticas

Publicada em 04/11/2019, às 16h17

Por Paula M. Bourguignon (pmacbourguignon@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Paula Bourguignon

Semas e re-criar

Pessoas em situação de rua assistidas pelo município participam de oficinas lúdicas de meditação e arte

Paula Bourguignon

Semas e re-criar

Assistidos aprendem técnicas de relaxamento antes de iniciar as produções artísticas

Prática corporal e pintura monocromática em papel canson. Assistidos da Escola da Vida e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social para População de Rua (Centro-Pop), em parceria com o projeto Re-criar, iniciaram as oficinas lúdicas de meditação e arte, na manhã desta segunda-feira (4).

As pessoas em situação de rua podem estreitar os seus laços de gratidão através de sentimentos como perdão, alegria, afeto, respeito e amor ao próximo. As atividades terão continuidade nos próximos dias 11, 18 e 25.

Transformar

"Quando alguém faz algo de bom por nós, temos que agradecer. Isto aqui é capaz de nos transformar. Queria que todos os dias fossem assim", disse Cláudia Gomes Libanio, de 32 anos.

Terapia

"Antes de vir para cá, estava com depressão. Aqui é como se fosse uma terapia. Foi uma atividade lúdica, mas que me ajudou muito", disse Maxoel da Silva, 47.

Sonho

"Escolhi pintar o azul por estar há bastante tempo nas ruas. Meu sonho mesmo é ter a minha casa própria. Preciso de um direcionamento melhor na minha vida", afirmou Vinicíus Geralfo Herculano Prudêncio, 41.

Arte

"A proposta da oficina é ajudar a conectar esses assistidos com emoções positivas e, a partir delas, expressá-las por meio de cores e texturas. A ideia é iniciar com uma oficina de arte a partir da técnica de colagem e acrílica sobre tela. Em seguida, vamos formar um grupo para a produção das obras de arte. A partir desse núcleo, vamos criar uma produção coletiva de trabalhos e viabilizar formas de ajudar na comercialização dos trabalhos, de modo a gerar renda para os participantes", explicou a idealizadora do projeto Re-criar, Isabela Castello.

Paula Bourguignon

Semas e projeto Re-criar Personagem Vinicíus

"Escolhi pintar o azul por estar há bastante tempo nas ruas", disse Vinícius

Paula Bourguignon

Semas e projeto Re-criar Personagem Maxoel

Aqui é como se fosse uma terapia. Foi uma atividade lúdica, mas que me ajudou muito", disse Maxoel da Silva

Ioga

"Trabalhamos através do corpo, e a ioga faz muito isso: fazer que eles sintam o que eles têm dentro do corpo. Quais as sensações, os pontos de tensão e como podem melhorar. Acho que devemos valorizar isso. Essas emoções precisam ser trabalhadas para ter situações mais favoráveis na vida", declarou a colaboradora do projeto Re-criar Janine arenas Cavadas de Sousa.

Emoções

"Direcionamos alguns assistidos para a arte, de forma que eles consigam expressar e expor mais facilmente suas emoções. A ideia hoje é que eles se familiarizem com os materiais, com as cores e com o exercício de ioga e relaxamento, para depois passar para o pepel esta emoção da cor que foi mentalizada anteriormente", cita a psicóloga da Escola da Vida, Carla Campos.

"É um projeto bem diferenciado pois se propõe a retratar as emoções vivenciadas nas dinâmicas corporais em produções artísticas. Cria assim uma conexão interessante entre emoções e arte. Acho que é uma maneira diferente de criar canais de expressão para os assistidos, de eles falarem das suas angústias, medos e sonhos de uma outra maneira", explica o gerente da Escola da Vida, Luiz Melo.

Para o projeto Re-criar acontecer, a Escola da Vida e o Centro-Pop contaram com a colaboração de Galeria Via Thorey, barraca do Júnior (feira de Jardim da Penha) e Hotel Senac Ilha do Boi. A entrega das marmitas é feita por TL Entregas.

Paula Bourguignon

Semas e re-criar Janine e Isabela

Janine e Isabela explicam que a proposta da oficina é ajudar a conectar os assistidos com emoções positivas

Paula Bourguignon

Semas e re-criar

Ideia da atividade é que os trabalhos produzidos sejam comercializados para gerar renda aos assistidos


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site