Notícias

Meio Ambiente prepara programação especial em alusão ao Dia da Árvore

Publicada em 20/09/2022, às 12h05

Por SEGOV/SUB-COM, com edição de Andreza Lopes


Foto Divulgação
Programação Semmam Dia da Árvore 2022
Foto Divulgação
Programação Semmam Dia da Árvore 2022

No dia 21 de setembro é comemorado Dia da Árvore e para sensibilizar a população a respeito desse importante elemento da natureza, a Secretaria de Meio Ambiente de Vitória (Semmam) preparou uma programação especial.

As atividades têm início na quarta-feira (21), com a ação do Programa Vix Flora "É Vitória Plantando a Cidade do Futuro e Cultivando Vidas no Presente", que consiste no plantio de 60 mudas de vegetação de restinga no Parque Alfonso Pastore, na Mata da Praia, a partir das 8 horas.

Serão plantados exemplares de Biribá da Restinga, Batina da restinga, Trevo da restinga, Camboatã, Guapira e Maçã da Praia

Participam da ação estudantes das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emef) Octacilio Lomba, Adelvani Sysesmundo Ferreira de Azevedo e Maria Madalena de Oliveira Domingues.

No sábado (24), a partir das 9 horas, a ação tem continuidade com o plantio de mais 59 mudas na Praça da Criança, na Ilha do Príncipe. Serão plantadas mudas de Ipê Branco, Pau Ferro, Jatobá, Carobinha e Aderne.

As ações do Dia da Árvore são uma parceria da Semmam com a Secretaria de Educação (Seme) e a empresa MedSênior.

"O objetivo dessas atividades é levar consciência ambiental para nossos estudantes e para a população em geral sobre a preservação desse ecossistema tão importante presente em nosso território. As ações integram o Vix Flora, que é a maior política pública na área ambiental de Vitória. Trata-se de um programa de gestão ambiental que envolve planejamento, parcerias e organização de equipes técnicas", destacou o secretário municipal de Meio Ambiente, Tarcísio Föeger.

Vix Flora

Lançado em 21 de setembro de 2021 (Dia da Árvore), o programa Vix Flora prevê a recuperação florestal de cerca de 225 hectares (cerca de 225 campos de futebol) em áreas como unidades de conservação, parques urbanos, toda a orla da capital e regiões ou bairros pouco atendidos com arborização urbana.

O programa visa ao plantio de, aproximadamente, 370 mil árvores, uma por habitante da cidade, todas espécies nativas dos diferentes ecossistemas da Mata Atlântica (restingas, manguezais, apicuns, matas de encostas, entre outras formações) existentes na capital.

Criado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) na gestão do prefeito Lorenzo Pazolini, o programa faz parte do pacote de R$ 1 bilhão de investimentos da capital.


Voltar ao topo da página