Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Assistidos acompanhados por Centro-Pop e Escola da Vida retornam ao trabalho

Publicada em 12/11/2019, às 09h00

Por Paula M. Bourguignon (pmacbourguignon@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Guiomedce Paixao

Emprego e oficina de bom bom no centro pop escola da vida

Anali morou nas ruas por dois anos e, agora, vai trabalhar como estoquista

Dois assistidos da rede socioassistencial de Vitória já podem comemorar o retorno ao mercado de trabalho e estão otimistas em superar as ruas. 

Anali Tomazini, por exemplo, morou nas ruas por dois anos e, agora, vai trabalhar como estoquista. Ela conta como superou as adversidades e também comemora as conquistas.

"Tenho dois meninos: o mais velho de 12 anos e o outro de 11. Fui para as ruas por minha família não aceitar minha opção sexual. Minha mãe tem a guarda deles. Estou vivendo um dia de cada vez, consegui o emprego, busco conseguir a minha casa e ter meus filhos de volta. Meu sonho é ter eles vivendo comigo novamente. Pretendo recuperar a guarda definitiva deles. Meu filho, inclusive, aceita como eu sou".

"Conheci a minha companheira nas ruas. Ela, inclusive, que me trouxe para o Centro-Pop. Também está fazendo alguns cursos aqui e na Escola da Vida para conseguir um emprego e seguir em frente. Ela se dá muito bem com os meus meninos. Somos casadas há 1 ano e 2 meses no papel. Casamos pelo Centro-Pop, que nos ajudou a ter gratuidade para casar. Temos todas as portas do mundo abertas, só depende das oportunidades e na hora certa", comenta Anali.

"Claudia (companheira) e eu pensamos igual. Estar em situação de rua é uma fase que vai passar. São dificuldades da vida para o nosso crescimento. Lá na frente vamos seguir bem tranquilas com as crianças", disse Anali.

Recomeço

Já Mateus Miranda, de 37 anos, conseguiu emprego como mecânico industrial após passar pelos serviços da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Iniciou nas ruas por conta de brigas em casa. Agora ele enxerga isso como um nova oportunidade.

"Quero aproveitar essa oportunidade para estudar mais e concluir meu curso de técnico em mecânica e me manter empregado. Isso é só um recomeço que estou tendo", citou Mateus.

Particularidade

Guiomedce Paixao

Emprego e oficina de bom bom no centro pop escola da vida

"O retorno ao mercado de trabalho é uma grande conquista para essas pessoas que estão em situação de rua", afirma Luiz Melo

"Estamos lidando com pessoas em situação de rua, cada uma com a sua particularidade, com seu tempo e com a sua motivação. Quando eles aderem aos encaminhamentos propostos pelas equipes, conquistam novamente a sua autonomia, sendo protagonistas da suas histórias, e quando atingem esse patamar de emprego, retomam os laços familiares e conquistam suas resistências fixas. Isso é muito gratificante para nosso serviço em saber que nosso trabalho traz resultados", declarou o coordenador do Centro-Pop, Mauro Mota.

Futuro

"O retorno ao mercado de trabalho é uma grande conquista para essas pessoas que estão em situação de rua, pois traz novamente a esperança para acreditarem num projeto de futuro. Fortalece a autoestima e resgata a dignidade. Eles se sentem valorizados. É como se dessem resposta a uma parcela da sociedade que tanto os discriminou", explica o gerente da Escola da Vida, Luiz Melo.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site