Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Unidos da Piedade vai contar sua trajetória de 60 anos no Carnaval 2015

Publicada em 30/01/2015, às 17h21 | Atualizada em 04/02/2015, às 18h11

Por Janete Carvalho (jocarvalho@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Diego Alves

Barracão da escola de samba unidos da piedade

Componentes trabalham no barracão da Piedade para os últimos preparativos dos adereços (Ampliar imagem)

Diego Alves

Barracão da escola de samba unidos da piedade

Escola trabalha para abrir os desfiles de sábado (7) no Sambão do Povo (Ampliar imagem)

Escola de samba mais antiga do Carnaval de Vitória, a Unidos da Piedade, este ano, vai contar os 60 anos de sua trajetória e promete empolgar os jurados e o público em seu desfile no sábado (7). Ela será a primeira a passar pelo Sambão do Povo, a partir das 22 horas, levando 2,4 mil componentes para a avenida e o samba-enredo "Piedade 60 anos. Uma odisseia carnavalesca de conquistas".

Nas cores predominantes de verde, vermelho e branco, a escola da Fonte Grande tem os dragões como símbolo e foi fundada em 15 de janeiro de 1955. O refrão já diz tudo: "No jogo da vida eu joguei, catorze estrelas conquistei, é tempo do meu sonho realizar, por mais uma estrela vou lutar".

A disposição e a expectativa são as melhores possíveis, segundo o presidente da agremiação, Edvaldo Teixeira. "A Piedade vem batendo na trave há 28 anos, mas agora será diferente. Estamos preparados para o gol que será a conquista do 15º título", destacou ele, enquanto ajudava nos preparativos para o Carnaval 2015 no barracão, situado ao lado do sambódromo, em Santo Antônio.

O termômetro será medido neste sábado (31), quando haverá o ensaio técnico da Piedade, a partir das 20h30, encerrando a fase de preparação na avenida.

Diego Alves

Barracão da escola de samba unidos da piedade

Edvaldo Teixeira, presidente da Piedade, disse que a escola vem pra brigar para quebrar jejum de 28 anos sem título (Ampliar imagem)

Diego Alves

Barracão da escola de samba unidos da piedade

Carro alegórico vai simular um bar com pessoas e garçons: últimos preparativos (Ampliar imagem)

Dragões na comissão de frente

Para afastar os perigos de furar essa expectativa, a comissão de frente vai toda vestida de dragões. O coreógrafo Renato Santos e mais 14 integrantes da agremiação serão os guardiões da escola, com o intuito de protegê-la das adversidades da terra e do ar. Renato está empolgado, é morador nascido e criado na Fonte Grande e seu pai e tios foram alguns dos fundadores da escola.

O escultor José Marcelo Loureiro prepara os dragões dos carros alegóricos com toda habilidade de sua profissão e manuseia com presteza o cortador elétrico e uma faca. Em apenas um dia, ele preparou seis dragões e disse que este ano a Piedade vem para brigar pelo título de campeã.

Preparação das fantasias

A admiração pela Unidos da Piedade levou vários integrantes a doar grande parte do tempo na preparação das fantasias, além dos carros alegóricos. É o caso de Ângela Maria Dionízio, 57 anos. "Eu nasci na Piedade, meu pai também foi um dos fundadores e minha história está ligada a essa escola", contou ela, acrescentando que, lá no barracão, faz de tudo um pouco, e há cinco anos, atua na diretoria.

Carro principal

O carro alegórico principal da Unidos da Piedade será também o último a passar na avenida. Com o nome "Templo do Samba", o carro vai simular um bar com pessoas e garçons e desfilará com 24 integrantes.

O personagem central será o intérprete de honra da escola, o sambista Edson Papo Furado, que virá sentado perto de cinco convidados no bar "Suvaco de Cobra". No grande carro, haverá lugar para o bar da Zilda, considerado o "point" no Centro de Vitória atualmente e que vai dar a noção do movimento em torno do samba e da alegria.

O enorme carro também terá o padroeiro São Benedito como destaque e uma fonte fazendo referência à nascente de água que dá nome ao bairro que sedia a escola atualmente.

Samba-enredo

"Piedade 60 anos. Uma odisseia carnavalesca de conquistas"

Compositores: Sousa, Marquinho Gente Bamba, Lorival das Neves, Sergio Índio, Lucianinho do cavaco, Betinho Capoeira, Costa pereira, Welton Zangrande, Gibson Muniz e Isaías Santana

Intérprete: Marquinho Gente Bamba

Pode aplaudir que chegou ela
A piedade a mais querida e ela
Uma odisseia de memorias
Trago na veia o sangue da historia
É sinal verde abra as cortinas da emoção
Vou explodir de alegria o seu coração
Salve São Benedito! Padroeiro do meu pavilhão

No jogo da vida eu joguei …
Catorze estrelas conquistei …
É tempo do meu sonho realizar
Por mais uma estrela vou lutar

No mar de netuno naveguei
Fui a bahia, por pernambuco passei.
Sentir o aroma de café
São tantas Marias, Guerreira mulher.
De 14 bis voei pelo céu
Na literatura, personagem de cordel
Liberdade! Mandela anunciou
Se essa Rua fosse minha
Dedicava a voçê meu amor

Berço do samba e aqui !! Felicidade
Terra de bamba onde é ? Piedade
Comunidade cantou …
Ritmo forte ecou
O pelo arrepiou

Diego Alves

Barracão da escola de samba unidos da piedade

Renato Santos é o responsável pela coreografia da comissão de frente da Piedade (Ampliar imagem)

Diego Alves

Barracão da escola de samba unidos da piedade

Ângela Maria Dionízio pertence à comunidade e ajuda na confecção das fantasias (Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site