Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Jucutuquara entra com tudo na briga pelo oitavo título

Publicada em 04/02/2018, às 06h17

Por Milene Miguel (mjmiguel@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Alexandre Lemos


André Sobral

Desfile da Escola de Samba Jucutuquara no Carnaval 2018

(Ampliar imagem)

André Sobral

Desfile da Escola de Samba Jucutuquara no Carnaval 2018

(Ampliar imagem)

Sétima escola a desfilar, a Unidos de Jucutuquara mostrou no sambódromo o desejo que a coruja tem de ir muito mais longe. A  heptacampeã do carnaval de Vitória trouxe um enredo Afro. A escola contou a história do Rei Ambrósio e seu quilombo, o mais duradouro de Minas Gerais, e celebra os 130 anos da libertação dos escravos no Brasil. Debaixo de chuva, a escola fez um belo desfile a  trouxe pra avenida 1.700 componentes, 17 alas e quatro carros alegóricos. O carnavalesco Petterson Alves surpreendeu a todos com fantasias luxuosas, mas com utilização de materiais simples e de muita criatividade.

“É para retratar mesmo os efeitos das matas, onde os negros se refugiavam para lutar e proteger o quilombo do Ambrósio, que é o nosso grande homenageado. Os negros fujões, os brancos que não podiam pagar pelos seus impostos. O Ambrósio era como um coração de mãe, agregava a todos”, explicou.

Destaques

Um dos destaques do desfile foi à apresentação do casal de mestre-sala e porta-bandeira Thais Oliveira e Max Dutra. Com uma perceptível sintonia, o casal, dançou repletos de garra e energia e bailaram ao longo de todo o ensaio.

Com aproximadamente 150 ritmistas o coração da escola de samba, a afinada Bateria da Nação embalou o desfile da agremiação e contagiou o público presente.

Lucas Ribeiro, diretor de bateria, diz que a expectativa é de se fazer um grande trabalho “Todo ano ficamos ansiosos pra fazer uma bela apresentação, já esta na hora de quebrar o jejum. Após dez anos como ritmistas este é meu primeiro ano como mestre de bateria, espero trazer sorte”, disse.

Sobre a escola

O Bloco Unidos de Jucutuquara foi fundado em 29 de janeiro de 1972. No começo os integrantes (só homens) saíram todos de tamanco, depois a fantasia oficial passou a ser de pescador e com o passar do tempo foram surgindo outras fantasias e as mulheres começaram a participar do bloco.

A partir de 1980 o bloco começou a participar dos Concursos promovidos pela Prefeitura de Vitória, sendo campeão por 5 anos consecutivos.

Em 1986, o Bloco virou a Escola de Samba Unidos de Jucutuquara. Foi campeã do carnaval capixaba nos anos de 1990, 2002, 2004, 2006, 2007, 2008 e o último título conquistado no ano de 2009.

Apuração

Segundo o regulamento da Liesge para este ano, a apuração ocorrerá em local público a ser definido e divulgado pela instituição, no dia 07 de fevereiro de 2018 (quarta-feira), às 15h. 


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site