Serviços Odontológicos

Unidades municipais oferecem consultas odontológicas e acompanhamento da saúde bucal para todas as idades. A saúde da boca é tão importante quanto a de todo o corpo.

Centro de especialidades odontológicas

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) instalado no prédio do Centro Municipal de Especialidades de Vitória Dr. Aprigio da Silva Freire (ver no mapa) faz atendimentos à pacientes encaminhados pelas Unidades de Saúde.

Além de exames radiográficos intraorais, são ofertadas no CEO, de acordo com protocolos pré-estabelecidos, as especialidades odontológicas de:

  • Endodontia (tratamento de canal);
  • Periodontia (tratamentos na gengiva);
  • Cirurgia buco-maxilo-facial;
  • Diagnóstico oral (biópsias);
  • Prótese total (dentaduras);
  • Atendimento ao paciente portador de necessidades especiais;
  • Periodontia para crianças de 4 a 10 anos;
  • Implantodontia para pacientes que utilizam prótese totais (dentaduras) sem a retenção adequada.

Última atualização em 12/04/2024, às 18h39

Promoção de saúde bucal - Programa Sorria Vitória

No Município de Vitória, as ações de saúde bucal são voltadas para a consolidação dos princípios constitucionais de universalização, eqüidade, integralidade e participação social. Essas ações são orientadas pela Política Nacional de Saúde Bucal, que tem como foco a promoção da saúde bucal, a ampliação do acesso aos serviços odontológicos e a oferta de serviços em todos os níveis de atenção.

Neste contexto, a população de zero à 14 anos é acompanhada com ações de promoção de saúde bucal desde 1996, num programa denominado Sorria Vitória. Neste programa, o espaço privilegiado para desenvolvimento destas ações são instituições de ensino da rede pública e privada. Atualmente, mais de 50.000 escolares são acompanhados pelo Programa.

As atividades de saúde bucal desenvolvidas junto a este grupo populacional incluem: escovação dental supervisionada, atividades educativas, distribuição de escova, creme dental e fio dental e exame de classificação de necessidades de atenção clínica, para encaminhamento a tratamento individual. Os indivíduos identificados com necessidade de atenção clínica são encaminhadas para tratamento na Unidade de Saúde mais próxima da sua residência. A efetividade das ações do programa é evidenciada por meio da redução da demanda por atenção clínica que passou de 56% da população acompanhada em 1996 para 26% em 2016.

O conjunto de ações realizadas neste público-alvo tem como objetivo reduzir a incidência e a velocidade de progressão das doenças bucais, principalmente a cárie e a doença periodontal.

Última atualização em 17/10/2017, às 16h48

Voltar ao topo da página