Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Carnaval de Vitória: PMV quer possibilitar área para agremiações perto do Sambão

Publicada em 22/03/2016, às 15h14

Por Deyvison Longui (dlbatista@vitoria.es.gov.br) | Com edição de SEGES/SUB-COM


Diego Alves

REUNIÃO ILHA DO SAMBA

(Ampliar imagem)

Foto Divulgação

Projeto 'Ilha do Samba

(Ampliar imagem)

Mais um importante passo para a profissionalização do Carnaval capixaba foi dado na noite desta segunda-feira (21). O prefeito Luciano Rezende enviou, para o Governo do Estado, um documento solicitando a alteração do convênio de cessão do terreno onde está o Centro Esportivo Tancredo Neves, o Tancredão, para possibilitar a construção, no local, da Ilha do Samba, complexo que irá abrigar os barracões das agremiações que participam do Desfile das Escolas de Samba no Sambão do Povo.

Presidentes e representantes de todas as agremiações participantes do Carnaval de Vitória participaram da solenidade de assinatura. Atualmente, de acordo com o convênio, o Tancredão é voltado para as modalidades de esportes e de lazer. A alteração visa incluir, no documento, ações voltadas para as áreas de cultura e assistência social, ampliando as atividades que possam ocorrer no local para os diversos tipos de público.

Com o aval do Estado, a Prefeitura poderá ceder à Liga Espírito-Santense das Escolas de Samba (Lieses) uma área onde atualmente não há edificações no Tancredão. Ali será construído o complexo, cujos recursos serão totalmente captados pela Lieses junto a parceiros.

A Prefeitura não fará investimentos nesta obra. Ao município, caberá apenas apoiar a iniciativa, fazendo contados com o Ministério da Cultura. “Com a gestão compartilhada do Desfile das Escolas de Samba, que deu muito certo, estamos dando outro grande salto para fazer crescer o já conhecido Carnaval de Vitória", destacou o prefeito Luciano Rezende.

Estrutura

Ainda de acordo com o prefeito, a iniciativa proporciona, para as escolas de samba da capital e das cidades vizinhas que participam do evento, a realização do sonho de terem um local próprio para criarem e confeccionarem suas fantasias, alegorias e carros em um local bem estruturado e com segurança.

“Com este espaço o Carnaval capixaba será outro. É um momento ímpar, no qual as agremiações realizam um sonho muito antigo: ter um local com infraestrutura com vistas a condicionar melhor as alegorias das escolas durante todo o ano, e possibilitar, com ambiente adequado, à construção de alegorias, bem como acondicionar as oficinas especializadas em costura, adereço, serralheria, marcenaria e afins, como a sua montagem. A Prefeitura de Vitória está apostando no crescimento do carnaval”, afirmou o presidente da Lieses, Rogério Sarmento.

“Desde o início da gestão, estamos conversando com a Lieses e entendemos que este era um sonho que poderia ser realizado. Estudamos de que forma isso seria possível e onde poderia ser realizado. Identificamos que uma parte do terreno onde está o Tancredão poderia receber este tipo de equipamento. Então, agora, estamos fazendo os trâmites legais para fazer a cessão deste espaço para a Lieses”, destacou o secretário municipal de Turismo, Trabalho e Renda, Leonardo Krohling.

Ilha do Samba

O projeto visual para a Ilha do Samba foi concebido totalmente pela Lieses. Ele será erguido em uma área de aproximadamente 14 mil metros quadrados.

Neste espaço atualmente há uma pista de skate, que será reconstruída e modernizada em uma área localizada na parte da frente do Tancredão, mantendo este tipo de modalidade no centro esportivo. O projeto da nova pista de skate e as obras serão acordados entre Liga e a associação de skatistas.

O complexo Ilha do Samba terá seis grandes barracões com telhados sustentáveis para as escolas, palco para shows e eventos antes, durante e depois do carnaval, camarim, área técnica, administração, banheiros e restaurantes.

A proposta é que ele tenha um funcionamento contínuo durante todo o ano, com um fluxo de até 1,2 mil pessoas por dia nos períodos de pico e de 250 pessoas por dia nos momentos de baixa.

Para é fomentar as atividades vinculadas ao samba e, sobretudo, ao Carnaval, o pelo projeto contempla ainda um conjunto de obras que vão reestruturar e qualificar a Região Noroeste da cidade, incentivando a cultura, o turismo e a economia criativa. A sugestão, ainda, é também potencializar o uso das estruturas físicas que ali estão implantados, como o Carmélia, o Tancredão e o Sambão do Povo.

Qualificação profissional

“Além de fortalecer e difundir a cultura do Carnaval, o trabalho, a renda e o emprego formal, com este tipo de equipamento a Prefeitura de Vitória fecha mais um ciclo de formação por meio da capacitação técnica para as escolas de samba”, aponta o secretário Leonardo Krohling.

Nesse sentido, os profissionais envolvidos na cadeia de produção do Carnaval, bem como as agremiações envolvidas, terão a oportunidade de regularizar suas atividades profissionais, por meio do Centro de Apoio ao Empreendedor, da Secretaria Municipal de Turismo, Trabalho e Renda (Semttre), gerando empregos formais, como autônomos, liberais e outros.

“Hoje, há nos camarotes do Sambão do Povo cursos de qualificação profissional voltados para a indústria criativa do Carnaval, em parceria com o Senai-ES e Senac-ES", lembrou o secretario. “O Ilha do Samba também é concebido como um instrumento didático e de atração turística para conscientizar os visitantes sobre o cotidiano das escolas de samba, bem como preparam para a sua competição anual no desfile de Carnaval˜, ressalta.

Foto Divulgação

Projeto 'Ilha do Samba

(Ampliar imagem)

Diego Alves

REUNIÃO ILHA DO SAMBA

(Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site