Acesso rápido:

Prefeitura de Vitória

Turista

Igreja e Convento do Carmo: reforma planejada por André Carloni

Vitor Nogueira

Fachada do Colégio do Carmo

O Convento de Nossa Senhora do Monte do Carmo foi fundado em 1682 por padres carmelitas. O conjunto era formado pelo convento propriamente dito, pela Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo e pela Capela da Ordem Terceira. Todos possuíam estilo colonial, com linhas barrocas.

Dois séculos depois, o Convento do Carmo se encontrava em decadência. Devido à proibição dos noviciados religiosos de formação de padres, o Convento ficou completamente abandonado, em 1872. O edifício foi, então, assumido pelo governo, sendo utilizado em várias funções, inclusive a de quartel militar.

Somente após a criação, em 1895, do Bispado do Espírito Santo, o governo devolveu o Convento para a administração da Igreja Católica. O primeiro bispo do Estado, Dom João Batista Correa Nery, ocupou o prédio com o Ateneu Diocesano, colégio que foi posteriormente transferido para o Convento da Penha, e com o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, que perdurou até a década de 1970.

Durante a década de 1910, o convento passou por ampla reforma, ganhando mais um andar, enquanto a igreja conventual recebeu uma roupagem eclética com influências neogóticas. A capela da Ordem Terceira, que ficava ao lado da igreja, foi destruída. A responsabilidade das obras ficou no nome de André Carloni.

Visitas monitoradas

O Convento do Carmo é um dos monumentos que integra as visitas monitoradas realizadas gratuitamente ao Centro Histórico de Vitória.

Última atualização em 16/10/2012.

Voltar para o topo

Mídias institucionais

Canais de comunicação

Prefeitura Municipal de Vitória - Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927 - Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945 - Telefone: (27) 3382-6000
Política de Privacidade | Contato