Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:


Plano de Cargos

Confira os planos de cargos para os servidores do município

Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos: quadro geral

O Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) tem como objetivo estimular o desenvolvimento profissional, valorizar o desempenho profissional, racionalizar a estrutura de cargos e carreira e estabelecer regras para evolução funcional do servidor público municipal.

Em 2006, o PCCV foi implementado na Prefeitura de Vitória para Quadro Geral, para a Saúde e para o Magistério. Em 2008, foi a vez de os membros da Guarda Civil Municipal terem um plano específico.

Para mais informações, consulte a legislação:

Conheça os grupos e cargos do Quadro Geral da PMV

No Quadro Geral, os cargos estão divididos em três grupos, de acordo com a escolaridade:

Nível Fundamental - Grupo I

  • Agente de Suporte Operacional

Nível Médio - Grupo II

Subgrupo A
  • Auxiliar Administrativo
  • Auxiliar de Berçário
  • Auxiliar de Topografia
Subgrupo B
  • Agente de Proteção Ambiental
  • Assistente Administrativo
  • Desenhista Projetista
  • Fiscal de Arrecadação e Serviços Municipais
  • Mecânico de Veículos
  • Motorista
  • Operador de Máquinas Pesadas
  • Técnico Agrícola
  • Técnico de Segurança do Trabalho
  • Técnico em Tecnologia da Informação
  • Técnico em Edificações
  • Técnico em Geomática
  • Técnico em Transportes
  • Topógrafo

Nível Superior - Grupo III

  • Analista em Tecnologia da Informação
  • Analista Cultural
  • Analista em Gestão Cultural
  • Analista em Comunicação
  • Analista em Gestão Pública
  • Analista em Relações Sociais
  • Arquiteto
  • Arquivista
  • Auditor Fiscal do Tesouro Municipal
  • Auditor Interno
  • Bibliotecário
  • Controlador de Recursos Municipais
  • Engenheiro
  • Engenheiro de Segurança do Trabalho
  • Especialista em Geoprocessamento
  • Geógrafo
  • Geólogo
  • Oceanógrafo
  • Procurador
  • Químico
  • Técnico Educacional
  • Turismólogo

Conheça os critérios para ter direito à progressão no Quadro Geral

A evolução funcional é o crescimento na carreira dos servidores municipais. Para se efetivar é preciso seguir as regras legais vigentes estabelecidas na Lei dos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos e suas alterações. A progressão profissional acontece de duas formas: horizontal e vertical.

Progressão Horizontal

A progressão horizontal é a passagem de uma Referência para outra imediatamente superior, mediante Avaliação de Desempenho.

Progressão Vertical

A progressão vertical é a passagem de uma Classe para a Referência inicial da Classe seguinte, mediante obtenção de escolaridade superior ao exigido como requisito para o cargo e Avaliação de Desempenho.

Quem pode concorrer

Para concorrer a progressão o servidor efetivo e estável deve:

  • não ter sofrido pena disciplinar de suspensão ou multa, nos últimos três anos;
  • não ter sido beneficiado pela Progressão Vertical no exercício;
  • ter cumprido o interstício mínimo de três anos na Referência em que se encontra;
  • ter obtido dois desempenhos superiores à média do Subgrupo, consideradas as três últimas Avaliações de Desempenho.

Como requerer

A forma de requerer está regulamentada no Decreto Municipal 14.551/10.

Última atualização em 21/07/2014

Voltar para o topo

Plano de cargos: saúde

Os servidores da Prefeitura de Vitória que trabalham na área da saúde estão divididos em três grupos. Veja as tabelas com os vencimentos referentes aos cargos. Confira também os grupos:

Grupo I, Subgrupo A

  • Auxiliar de Veterinária
  • Guarda-vidas

Grupo I, Subgrupo B

  • Auxiliar de Consultório Dentário
  • Auxiliar de Enfermagem 
  • Auxiliar de Laboratório
  • Auxiliar de Prótese Dentária

Grupo II

  • Agente de Vigilância Sanitária
  • Assistente de Farmácia
  • Técnico de Enfermagem
  • Técnico de Laboratório
  • Técnico de Prótese Dentária 
  • Técnico em Higiene Dental
  • Técnico em Radiologia
Grupo III, Subgrupo A
  •  Arteterapeuta
  • Assistente Social
  • Biólogo
  • Enfermeiro
  • Enfermeiro do Trabalho
  • Engenheiro de Alimentos e Bebidas
  • Engenheiro Sanitarista
  • Farmacêutico
  • Fisioterapeuta
  • Fonoaudiólogo
  • Musicoterapeuta
  • Nutricionista
  • Psicólogo
  • Técnico Esportivo
  • Terapeuta Ocupacional
Grupo III, Subgrupo A
  • Cirurgião Dentista
  • Médico
  • Médico do Trabalho
  • Médico Veterinário

Última atualização em 31/07/2014

Voltar para o topo

Plano de cargos: Magistério

Sérgio Cardoso

alunos sentados em cadeira asistindo aula com professor

professor

O Magistério conta com um Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos, cujos objetivos são estimular o desenvolvimento profissional, valorizar o desempenho do servidor, racionalizar a estrutura de cargos e carreira e estabelecer regras para evolução funcional.

O atual plano foi implementado em 2006 e hoje oferece aumento de 5% a cada três anos a servidores do Magistério que participarem de cursos de complementação, atualização ou aperfeiçoamento profissional e que obtiverem pontuação acima de 60% nas Avaliações de Desempenho e 5% a cada 4 (quatro) anos de efetivo exercício na Progressão Horizontal por Antiguidade.

O educador que passa de um nível a outro superior tem direito a um aumento de 10%. Como forma de incentivar essa progressão, o servidor pode obter licenças remuneradas de 24 meses para cursar mestrado, de 36 meses para doutorado e de 12 meses para pós-doutorado.

Para mais informações, consulte a legislação:

Conheça os grupos e cargos para o Magistério da Prefeitura

Na carreira do Magistério, os cargos estão divididos em dois grupos:

Grupo Docente:

  • Professor de Educação Básica I - PEB-I
  • Professor de Educação Básica II - PEB-II
  • Professor de Educação Básica III - PEB-III
  • Professor de Educação Básica III - PEB-III - Dinamizador

Grupo Técnico-pedagógico:

  • Professor de Educação Básica IV - PEB IV - Especialista Educacional
  • Professor de Educação Básica IV - PEB IV - Coordenador de Turno
  • Professor de Educação Básica IV - PEB IV - Em função pedagógica

Conheça os critérios para ter direito à progressão no Magistério

A Evolução Funcional é o crescimento na carreira dos servidores do município de Vitória, obedecendo às regras legais vigentes estabelecidas nas Leis dos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

O único afastamento que irá influenciar a concessão do benefício é a Licença para Tratamento de Interesses Particulares, que atrasará o direito à progressão por igual período ao afastamento do servidor.

Progressão Horizontal

A progressão é a passagem de uma Referência para outra imediatamente superior, mantida a Classe. Ela ocorrerá:

  1. por merecimento e desempenho;
  2. por antiguidade.
1. Progressão por merecimento e desempenho

Periodicidade: de três em três anos.

Como requerer:

A forma de requerer foi regulamentada pelo Decreto Municipal 14.682/10, que institui as regras da Avaliação de Desempenho e evolução de qualificação.

Para concorrer a essa progressão o servidor efetivo e estável deve:

  • não ter sofrido pena disciplinar de suspensão ou multa nos últimos três anos;
  • ter cumprido o interstício de três anos na Referência em que se encontra;
  • não estar em laudo médico definitivo;
  • não estar em licença para tratamento de interesses particulares.
2. Progressão por antiguidade

Periodicidade: de quatro em quatro anos.

Como requerer:

Não é preciso requerer.

Para concorrer a essa progressão, o servidor efetivo e estável deve:

  • não ter sofrido pena disciplinar de suspensão ou multa nos últimos três anos;
  • ter cumprido o interstício de 4 anos na Referência em que se encontra;
  • não estar em laudo médico definitivo;
  • não estar em licença para tratamento de interesses particulares.

Progressão Vertical

A Progressão Vertical é a passagem de uma Classe para outra superior, mantida a Referência, mediante apresentação de habilitação profissional.

Como requerer:

O servidor deverá requerer junto ao Protocolo Geral da Prefeitura de Vitória, mediante apresentação de comprovante da habilitação profissional em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Para concorrer a essa progressão, o servidor efetivo e estável deve:

  • estar em exercício na Secretaria de Educação;
  • ter sido nomeado para cargo comissionado ou designado para função de confiança no âmbito do município de Vitória;
  • estar em exercício de mandato sindical ou eletivo;
  • não ter sofrido pena disciplinar de suspensão ou multa nos últimos três anos;
  • cumprir as seguintes exigências:
    • Classe I: formação em Nível Médio;
    • Classe II: formação em Nível Médio com Estudos Adicionais; 
    • Classe III: formação em Nível Superior com Licenciatura Curta; 
    • Classe IV: formação em Nível Superior com Licenciatura Plena; 
    • Classe V: pós-graduação, devidamente reconhecida pelo MEC, obtida em curso de especialização, com duração mínima de 360 horas, com aprovação de monografia;
    • Classe VI: mestrado em educação ou área de conhecimento correlata/afim ao desempenho de suas atribuições, reconhecido pelo MEC, com defesa e aprovação de dissertação;
    • Classe VII: doutorado em educação ou área de conhecimento correlata/afim ao desempenho de suas atribuições, reconhecido pelo MEC, com defesa e aprovação de tese.

Última atualização em 07/03/2017

Voltar para o topo

Plano de cargos: Guarda Civil

O Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos para a Guarda Civil Municipal foi implementado em 2008. A sua aplicação teve como objetivo estimular o desenvolvimento profissional, valorizar o desempenho, racionalizar a estrutura de cargos e carreira e estabelecer regras para a evolução funcional dos componentes do quadro de servidores.

Para mais informações, consulte a lei que instituiu o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos.

Os grupos

A evolução funcional é o crescimento na carreira dos servidores municipais. Para se efetivar é preciso seguir as regras legais vigentes estabelecidas na Lei dos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos e suas alterações. A progressão profissional acontece de duas formas: horizontal e vertical.

Na Guarda Civil Municipal de Vitória, os cargos estão divididos em dois grupos:

Grupo 1

  • Agente Municipal de Trânsito
  • Agente Comunitário de Segurança

Grupo 2

  • Analista Municipal de Trânsito

A Evolução Funcional é o crescimento na carreira dos servidores do município de Vitória, obedecendo às regras legais vigentes estabelecidas nas Leis dos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

Progressão Horizontal

A progressão horizontal é a passagem de uma Referência para outra imediatamente superior, mediante Avaliação de Desempenho.

Quem pode concorrer

Para concorrer a essa progressão o servidor efetivo e estável deve:

  • não ter sofrido pena disciplinar de suspensão ou multa, nos últimos três anos;
  • estar em efetivo exercício na Secretaria de Segurança Urbana;
  • não ter sido beneficiado pela Progressão Vertical no exercício;
  • ter cumprido o interstício mínimo de três anos na Referência em que se encontra;
  • ter obtido duas notas de desempenho superiores à média do cargo, consideradas as três últimas Avaliações de Desempenho.

Última atualização em 31/07/2014

Voltar para o topo

Veja a lista de vencimentos dos servidores da Prefeitura de Vitória

Transparência Vitória

Portal da Transparência

A Prefeitura de Vitória divulga no Portal da Transparência a relação dos servidores municipais com matrícula, nome, cargo e as remunerações bruta e líquida. Com o Portal, o morador da capital pode acompanhar os relatórios da Lei de Responsabilidade Fiscal, as despesas com o pagamento de credores e de servidores e os recursos repassados pelo Governo Federal. Cada vez que um valor entra ou sai da conta do município, o sistema atualiza os dados automaticamente.

A administração municipal também disponibiliza a tabela geral de vencimentos dos cargos, estabelecida por lei e que pode ser consultada aqui.

Última atualização em 21/07/2014

Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site