Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido

Notícias

Seminário marca o Dia Municipal de Intolerância Religiosa

Publicada em 05/08/2009, às 17h13 | Atualizada em 06/08/2009, às 17h08

Por Regina Freitas (rcfsilva@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Deyvison Longui

Com colaboração de Roberta Duarte


Foto Divulgação

Folder do I Seminário de Intolerância Religiosa

Cartaz do seminário que tem como objetivo incentivar o exercício da tolerância e da liberdade de culto, sem qualquer tipo de discriminação

Violências a membros de várias religiões é um dos casos de intolerância religiosa. E para debater essa e outras situações, a Gerência de Raça da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos de Vitória realiza, neste sábado (08), o I Seminário Intolerância Religiosa em Debate: Desafios e Superações, no auditório da Casa do Cidadão, em Maruípe, das 14 às 20 horas.

As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones 3382-6699 e 3382-6697, das 8 às 18 horas, on-line ou no próprio local. 

Evento

O dia 13 de agosto faz parte do calendário oficial de Vitória como o Dia Municipal de Combate à Intolerância Religiosa e o objetivo deste primeiro seminário é incentivar o exercício da tolerância e da liberdade de culto, sem qualquer tipo de discriminação ou repressão em função da diversidade dos costumes.

Participarão do evento líderes católicos, evangélicos, messiânicos, kardecistas, judeus, budistas, de matrizes africanas (umbanda e candomblé) e representantes dos povos ciganos e indígenas. Também estará presente o deputado estadual Givaldo Vieira, autor do anteprojeto de lei sobre o Dia de Enfrentamento à Intolerância Religiosa.

Entre as palestras está a do mestre em teologia, Julio Zabatielo, com o tema: "A Formação da Intolerância Religiosa na Cultura Brasileira". O professor é um pesquisador do Antigo Testamento. Participa, ainda, desta palestra o secretário-executivo do Centro de Articulação de Populações Marginalizadas do Rio de Janeiro (CEAP - RJ), Ivanir dos Santos.

Testemunhos

Além das palestras, haverá apresentação de testemunhos de pessoas que sofreram discriminação em função de sua escolha religiosa e um momento para debates e encaminhamentos de propostas que gerem ações de políticas públicas para esse segmento social.

Carlos Antolini

Dia de combate à intolerância religiosa

A data de 13 de agosto faz parte do calendário oficial de Vitória como o Dia Municipal de Combate à Intolerância Religiosa

O secretário municipal de Cidadania e Direitos Humanos, Eliézer Tavares, destaca a importância do diálogo entre pessoas de crenças distintas.

"As pessoas precisam conversar sobre suas diferenças e convergências, convivendo, mutuamente, com diferentes religiões e culturas. Mas esse diálogo deve ser construtivo e em torno de ideais comuns, ressaltando os pontos convergentes e esquecendo as divergências. É preciso entender o outro e evitar o proselitismo", enfatizou.

Dia

A data foi instituída por meio da lei número 6.627/06 e tem como finalidade promover os direitos fundamentais à liberdade de crença e ao livre exercício de cultos religiosos. E estabelece como ponto culminante a reunião de entidades da sociedade civil, líderes religiosos, personalidades e ativistas dos direitos humanos e também objetiva fomentar a organização de palestras e outros eventos que tratem da diversidade religiosa.

Programação

14h - Abertura - Leitura e análise do texto da Lei nº 6627/06, que institui o Dia Municipal de Combate à Intolerância Religiosa e apresentação cultural.
14h30 - 1ª Mesa: Políticas, Vivências Inter-religiosas - Testemunho de 10 representantes de diferentes religiões.
15h30 - 2º Mesa: Palestra - A Formação da Intolerância Religiosa na Cultura Brasileira - Palestrantes: Júlio Zabatiero - professor de Teologia da Faculdade Unida de Vitória e Ivanir dos Santos - secretário-executivo do Centro de Articulação de Populações Marginalizadas do Rio de Janeiro (CEAP-RJ).
16h30 - Debates com cinco líderes religiosos sobre a palestra A Formação da Intolerância Religiosa na Formação da Cultura Brasileira .
17h15 - Debate
18h - Proposições e encaminhamentos.

 


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site