Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Prefeito destaca avanços da segurança pública em Vitória para presidente

Publicada em 07/03/2018, às 17h10 | Atualizada em 07/03/2018, às 18h23

Por Melissa Künsch (mwkunsch@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi


Agência Brasil

Presidente Michel Temer se reúne com prefeitos no Planalto

Luciano Rezende e demais prefeitos das capitais brasileiras participaram de encontro com o presidente Michel Temer (Ampliar imagem)

Diego Alves

Reunião GGIM

Gabinete de Gestão Integrada Municipal reúne representantes de forças de segurança para discutir ações na capital (Ampliar imagem)

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, esteve em Brasília (DF) nesta quarta-feira (7) para participar de uma reunião com o presidente da República, Michel Temer, e com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, na qual apresentou os avanços da segurança pública na capital.

O encontro, que aconteceu no Palácio do Planalto e contou ainda com a participação de prefeitos das outras 26 capitais brasileiras, teve como objetivo apresentar sugestões e compartilhar experiências para melhorar a segurança das cidades. Para isso, o Governo Federal apresentou um orçamento de R$ 10 bilhões.

Em sua participação, Luciano destacou ações realizadas na capital. "Foram muitas ideias sugeridas, e, à medida que as reuniões forem acontecendo, a impressão que eu tenho é que essas ações para melhorar a segurança pública comecem a repetir o que o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) faz em Vitória, que é reunir várias esferas públicas a fim de chegar a uma solução conjunta para o problema", disse o prefeito.

Cerco eletrônico

O prefeito citou a instalação do cerco eletrônico, cujas câmeras vão monitorar vários pontos da cidade para o combate ao roubo de carros e a todos os tipos de crimes que envolvem o uso de veículos, e o investimento em Educação entre as ações implantadas em Vitória. 

"Vimos aqui que o cerco eletrônico que estamos montando em Vitória é um dos caminhos que outras cidades também estão tomando".

Imagem divulgação

Câmeras do cerco eletrônico

Câmeras do cerco eletrônico vão inibir os crimes de roubo de veículos na capital (Ampliar imagem)

Carlos Antolini

Guarda Civil Municipal Comunitária Patrulhamento no Tancredão

Prefeito Luciano Rezende destacou importância de sempre oferecer treinamento e material de trabalho para os agentes da Guarda Municipal (Ampliar imagem)

Prevenção

Luciano ressaltou ainda que ações preventivas também contribuem para a redução dos índices de criminalidade. "A segurança também é feita com ações como a Escola da Vida, que recoloca pessoas em situação de rua na comunidade e também as devolve ao convívio com as famílias. A educação tem de fazer parte desse investimento. Muitos jovens envolvidos em violência estão fora das escolas. Uma rede de educação de qualidade é boa não somente para o futuro, mas também para soluções imediatas".

Custeio

Apesar do anúncio de investimentos para o setor, Luciano ponderou que é necessário haver uma forma contínua de injeção de verba na segurança, pois é preciso que sejam levados em conta os gastos permanentes que podem ocorrer, o chamado custeio. "Se o custeio não for colocado nesse cálculo dos investimentos, nenhum gestor responsável vai receber essa responsabilidade".

Ele completou: "Falei com o ministro Jungmann sobre essa questão do custeio para que todas as pessoas entendam que todas as ações de melhoria na Guarda Municipal geram uma despesa permanente, que o município nunca deixará de ter. Ressaltei ao ministro que leve em consideração que esses investimentos equacionem as despesas que as cidades terão para sempre. Não basta apenas investir na contratação de mais guardas, mas é preciso sempre oferecer treinamento, material de trabalho e remuneração adequada".

Integração

Outra sugestão de Luciano é que haja um sistema integrado de segurança pública, que atue de forma conjunta em todas as esferas da administração, a exemplo do que ocorre com o Sistema Único de Saúde (SUS).

"Uma das minhas reflexões é que um sistema único de segurança pública seja implantado no País, a exemplo do SUS. O SUS tem o modelo correto de funcionamento, mas não opera de forma eficiente por problemas de gestão, e não de estratégia".

Luciano completou: "A segurança pública não tem isso. O município tem a sua estratégia, o governo estadual tem outra e o governo federal, outra. Tem que haver uma ação conjunta".

Próximos passos

A próxima reunião com os prefeitos de capitais do País acontece daqui a 30 dias. No próximo dia 21, o ministro Raul Jungmann se reunirá com representantes das regiões metropolitanas de todos os estados.

"É preciso que haja um fórum nacional, a exemplo do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, em que todos discutem de forma compartilhada como obter resultados positivos", finalizou.

Douglas Schneider

Prédio com placa

Prefeito destacou: "Segurança também é feita com ações como a Escola da Vida, que recoloca pessoas em situação de rua na comunidade"

Carlos Antolini

Foto panorâmica mostrando detalhes da cidade de Vitória

Luciano Rezende sugeriu a criação de um sistema integrado de segurança pública (Ampliar imagem)


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site