Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Acesso rápido

Notícias

Escola da Vida ajuda na reinserção de pessoas em situação de rua na sociedade

Publicada em 17/05/2017, às 18h13


André Sobral

FEIRA DA ESCOLA DA VIDA: EMPREENDER É PRECISO

Guiomedce é uma das pessoas que conseguiram deixar a situação de rua por conta das atividades da Escola da Vida (Ampliar imagem)

Carlos Antolini

Curso de sabonetes

Atendidos participam de palestras sobre empreendedorismo e projetos de vida

A Escola da Vida, localizada na Grande São Pedro, já ajudou a transformar a vida de dezenas de pessoas em situação de risco social. Elas já viveram nas ruas, conseguiram superar as dificuldades, estão reinseridas no convívio social e no mercado de trabalho e tornaram-se protagonistas de suas vidas.

O espaço realiza o atendimento a pessoas em situação de rua na capital e desenvolve diversas atividades coletivas e individuais, visando fortalecer a capacidade de expressão, autoconhecimento e autoconfiança, a partir de palestras sobre empreendedorismo, oficinas de projetos de vida, de criatividade, de liderança, de leitura, de palavras, rodas de conversas, além de espaços de sarau de poesias, rodas de rimas, exposições, cineclube, cursos, entre outras.

"A Escola da Vida tem como objetivo trabalhar a ressocialização do indivíduo que, por um período em sua vida, passou por algum episódio de vulnerabilidade e fragilidade social, estando até em situação de rua. Através dos serviços de assistência, encontrou uma ajuda nos equipamentos da Prefeitura e foi encaminhado para a Escola da Vida. Lá, através das atividades, os assistidos conseguem se inserir novamente na sociedade e recuperar sua autonomia", afirmou a secretária municipal de Assistência Social, Iohana Kroehling.

"A Escola da Vida visa promover a ressocialização social da pessoa e resgatar a sua convivência familiar, além de estimular o lado empreendedor para que o atendido possa montar o seu próprio negócio", afirmou o assistente administrativo da Escola da Vida, Doriedson Gonçalves.

Um dos ambientes da Escola da Vida é o laboratório de informática, onde os participantes têm acesso a textos, planilhas, internet e redes sociais.

A proposta do equipamento é ajudar os participantes a elaborarem um plano pessoal de perspectiva de trabalho e ajudá-los nas possibilidades de implantá-lo, avaliando todos os caminhos que devem ser percorridos. A escola funciona na rodovia Serafim Derenzi, 4452, no bairro São José (veja no mapa).

Reviravolta

"Eu era uma das pessoas que não acreditavam em política social, tampouco em assistência social. E fui encontrado pela equipe da Prefeitura com a autoestima baixa, sem perspectiva de vida, nenhum projeto, nada pela frente. Eu não acreditava no que estava acontecendo com a minha vida e com a vida dos meus colegas moradores de rua. De uma hora para outra, pude acreditar novamente. Esse projeto está proporcionando toda a esperança da nossa vida. A gente tem começado a sonhar, em querer ser novamente alguém. E isso me emociona. Nós somos gente, somos capazes de gerir e trabalhar. Acreditamos no projeto e estamos cheios de expectativa". Esse é o relato emocionado de Guiomédce Gomes Paixão, de 44 anos, pessoa em situação de rua que contou com a ajuda e acompanhamento da Escola da Vida para voltar a ser fotógrafo.

Cursos

Além das ações voltadas para as pessoas em situação de rua, a Escola da Vida, em parceria com a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), está realizando aulas de violão, canto e percussão para jovens de 10 a 24 anos.

Outro programa social desenvolvido no local é o "Jovem Ser", resultado do trabalho da Escola Brasileira de Coaching (EBRACoaching) e Secretaria de Estado de Estado de Direitos Humanos, cujo objetivo é o atendimento preferencial a jovens de 16 a 24 anos que moram em áreas de vulnerabilidade social, direcionando um planejamento de seu futuro profissional e pessoal. O atendimento individual acontece uma vez por semana. Ao todo, são 12 sessões.


Informações à imprensa:

Paula M. Bourguignon (pmacbourguignon@vitoria.es.gov.br) | Para dúvidas ou informações, use o Fala Vitória 156.

Com edição de SEGES/SUB-COM - Prefeitura de Vitória


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site