Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:

Notícias

Botão do Pânico é acionado e Guarda Municipal prende acusado

Publicada em 09/07/2018, às 16h50 | Atualizada em 09/07/2018, às 17h32

Por Eduardo Brinco (ebvieira@vitoria.es.gov.br) | Com edição de Matheus Thebaldi

Com colaboração de Josué de Oliveira


Josué de Oliveira

Botão do pânico

Com o aparelho, as mulheres podem acioná-lo toda vez que se sentirem ameaçadas pelo agressor

Na tarde deste último domingo (8), a Central de Videomonitoramento da Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu) recebeu um chamado de emergência do Botão do Pânico, desta vez no bairro Nova Palestina.

Do acionamento, às 15h50, até a prisão, os agentes da Patrulha Maria da Penha levaram apenas oito minutos para deter o acusado. Imediatamente após o chamado, os agentes partiram em direção ao bairro. O suspeito fugiu ao perceber que a guarnição se aproximava da casa. Entretanto, acabou preso logo em seguida.

"Segundo informações, o histórico do suspeito é de ser agressivo quando ingere bebida alcoólica e se aproximou da ex-esposa mesmo com medida protetiva de até 300 metros. Esse foi mais um caso exitoso do Botão do Pânico e da Guarda Municipal, que garantiu proteção para a mulher", apontou o chefe de equipe da Guarda Municipal, Fábio Callegari.

Balanço

Esta foi a terceira vez que o Botão do Pânico foi acionado este ano. Desde abril de 2013, quando o sistema entrou em vigor, foram 49 acionamentos. 

Proteção

Para a secretária de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Nara Borgo, o Botão do Pânico tem sido um importante aliado no enfrentamento à violência contra a mulher.

"Atualmente, são 11 equipamentos que estão em poder de mulheres em Vitória. O ideal seria que nenhuma delas precisasse, que todas tivessem seus direitos respeitados, mas se isso não acontece nós precisamos dessas ferramentas para auxiliar no combate a essa violência", disse.

Yuri Barichivich

Lançamento do Botão do Pânico em Vitória

Patrulha Maria da Penha recebe o alerta e se dirige imediatamente ao local da vítima

Patrulha Maria da Penha

O equipamento é distribuído para mulheres que estão sob medida protetiva na 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica de Vitória e pode ser acionado caso o agressor não mantenha a distância mínima garantida pela Lei Maria da Penha.

Com o aparelho, as mulheres podem acioná-lo toda vez que se sentirem ameaçadas pelo agressor. O Botão do Pânico também dispara informações para a Central Integrada de Operações e Monitoramento, com a localização exata da vítima, para que um carro da Patrulha Maria da Penha seja enviado imediatamente ao local.

Ao disparar o alarme, os agentes da Patrulha Maria da Penha recebem por meio do Smartphone a localização da vítima via GPS.


Para dúvidas ou informações sobre os serviços da Prefeitura, ligue 156 ou use o serviço on-line.


Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site