Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:


Jovens

Fique por dentro das ações específicas voltadas para a inclusão social e a proteção dos jovens.

Jovens contam com espaço de interação social e cultural

Ludmila Pecini

Pessoas dançando Forró

Foto divulgação

Dois jovens grafitando uma parede

Inaugurado em 2006, o Centro de Referência da Juventude (CRJ) é um espaço de interação entre jovens da capital. As atividades oferecidas são baseadas em quatro pilares fundamentais - convivência, formação, informação e expressão -, reconhecendo os jovens como protagonistas nas definições das ações voltadas para eles.

Resultado do Orçamento Participativo da Juventude, o CRJ oferece atividades de lazer, cultura, esporte, arte, música, atendimento psicossocial, discussão e formulação de políticas públicas.

O centro também proporciona aos jovens sessões gratuitas de filmes. Com data previamente marcada, o Cineclube Kbça exibe filmes brasileiros e estrangeiros. Além disso, o espaço tem estúdio aberto para ensaio de bandas musicais e possui um telecentro, no qual os jovens podem acessar a internet gratuitamente. O CRJ também é coberto pelo sinal de internet livre doVitória Online

Atividades

  • Oficinas e cursos gratuitos;
  • Palestras e workshops;
  • Assessoria à formação de coletivos juvenis.

Como participar

Para participar das atividades do CRJ, o jovem interessado deve ter entre 14 e 29 anos e comparecer ao local para preenchimento da ficha de cadastro. É necessário apresentar comprovante de residência.

Onde fica

Centro de Referência da Juventude
Endereço: Avenida Vitória, 1.320, Ilha de Santa Maria - Ver no mapa
Telefone: (27) 3132-4042
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8 às 21 horas

Última atualização em 12/07/2019

Voltar para o topo

Núcleo Afro Odomodê mobiliza jovens contra desigualdade racial

Carlos Antolini

Núcleo Afro Odomodê - Instrumentistas e instrumentos de percussão

Elizabeth Nader

Jovem dançando Break

Inaugurado em novembro de 2006, o Núcleo Afro Odomodê desenvolve atividades culturais voltadas para jovens afrodescendentes entre 13 e 29 anos, que residem em Vitória. O núcleo é um espaço de formação, convivência e participação que busca estimular, sensibilizar e mobilizar os jovens para a luta contra os preconceitos, violências e exclusões.

Entre as atividades oferecidas gratuitamente no espaço, estão oficinas que contribuem com o resgate e a valorização da cultura afro. Em 2013, o núcleo iniciou a série Diálogos Odomodê, um grupo de estudos voltados para temas ligados ao movimento negro no Espírito Santo.

Rodas de conversa, debates, exibição de filmes, apresentações em escolas e em outros espaços culturais são iniciativas do Odomodê para também orientar, tirar dúvidas e formar opinião crítica sobre diversos assuntos do universo jovem. Em todas suas ações, o Odomodê busca incentivar o protagonismo juvenil e contribuir com a autoestima de todos os jovens.

Como participar

Para se inscrever nas atividades oferecidas, é necessário ser morador de Vitória e apresentar o original e a cópia dos seguintes documentos: identidade, comprovante de residência e declaração de escolaridade.

Onde fica

Rua São Bartolomeu, 121 - Morro do Quadro - Vitória - Ver no mapa
Funcionamento: 9h às 19h
Telefone: (27) 3382-6662

Última atualização em 16/07/2019

Voltar para o topo

ProJovem Adolescente

Elizabeth Nader

Adolescente grafitando

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Jovens (ProJovem), é complementar as ações com as famílias e a comunidade na proteção e desenvolvimento de adolescentes e jovens, assegurando espaços para o convívio coletivo, comunitário e no desenvolvimento de relações de afetividade e amizade.

Público

Adolescentes e jovens de 15 a 17 anos.

Objetivos do serviço

  • Fortalecer vínculos familiares e comunitários;
  • Proporcionar espaços coletivos de convívio e amizade
  • Possibilitar a ampliação do universo artístico, cultural e do mundo do trabalho;
  • Contribuir para inserção, reinserção e permanência dos adolescentes no sistema educacional;
  • Estimular o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos e formação cidadã.

Atividades Desenvolvidas

  • Eixos temáticos: debates de temas voltados para o universo juvenil; 
  • Integração entre ações e projetos voltados para juventude;
  • Intercâmbio entre os coletivos;
  • Circulação pela Cidade (passeios);
  • Oficinas de Convivência.

 Os jovens são organizados em grupos de 25 integrantes, denominados de coletivos, sob a responsabilidade de um educador social e um técnico de referência.

Última atualização em 15/07/2019

Voltar para o topo

Serviço de acolhimento institucional para crianças e adolescentes de Vitória

A Prefeitura Municipal de Vitória, por meio da Secretaria de Assistência Social/Gerência de Proteção Social Especial de Alta Complexidade, em consonância com a Política Nacional da Assistência Social – PNAS/2004 e de acordo com a Norma Operacional Básica (NOB), no âmbito do SUAS enquanto “um sistema público não contributivo, descentralizado e participativo que tem como função a gestão do conteúdo específico da assistência social no campo da proteção social brasileira”, e executa os serviços de proteção social especial de alta complexidade.

A Casa de Acolhida oferta acolhimento provisório para crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva de abrigo, até que se realiza diagnóstico eficiente, com vista à reintegração à família de origem, ou na sua impossibilidade, encaminhamento para família substituta, acolhimento institucional ou familiar.

Na impossibilidade de reintegração familiar, as crianças/adolescentes são encaminhados ao Centros de Vivências, de acordo com faixa etária, onde se dará continuidade ao acompanhamento da família de origem, bem como efetuados os devidos encaminhamentos aos serviços da rede socioassistencial e o Sistema de Garantia de Direitos até que a situação pela qual se deu o afastamento da criança ou adolescente da família seja superado, e assim se possibilite à reintegração da criança/adolescente à família de origem/extensa.

Unidades de acolhimento de Vitória

  • Casa de Acolhida
    • Idade: 12 a 18 anos 
    • Número de Acolhidos: 16
    • Telefone:(27) 3322-9128
  • Centro de Vivência
    • Idade: 0 a 06 anos
    • Número de Acolhidos: 16
    • Telefone:(27) 3323-0374
  • Centro de Vivência 1 - Antigo Centro Apoio Social à Infância (Casa Rosa)
    • Idade : 0 a 06 anos 
    • Número de Acolhidos: 20
    • Telefone:(27) 3019-4997
  • Centro de Vivência 2
    • Idade: 07 a 12 anos 
    • Número de Acolhidos: 16
    • Telefone:(27) 3233-8269
  • Centro de Vivência 3 - República Feminina
    • Idade: 12 a 18 anos
    • Número de Acolhidos: 15
    • Telefone:(27) 3029-4996
  • Centro de Vivência 4 - República Masculina
    • Idade: 12 a 18 anos 
    • Número de Acolhidos: 14
    • Telefone:(27) 3322-3728
  • Centro de Vivência 5
    • Idade: 12 a 18 anos 
    • Número de Acolhidos: 16
    • Telefone:(27) 3376-5007 

Política de apoio

Família Acolhedora é uma política pública de apoio e proteção social especial à criança e ao adolescente. Trata-se de serviço de acolhimento familiar em que famílias cadastradas acolhem, em suas residências, crianças e adolescentes afastadas do convívio familiar, quando sua família de origem se encontra impossibilitada de cumprir suas funções de cuidado e proteção.

Onde fica

Rua Antônio Santos, 35, Maruípe - Ver no mapa
familiaacolhedora@fealegria.org.br
Telefone:(27)3019-8060 / 99791-7199

Última atualização em 16/07/2019

Voltar para o topo

Espaço cultural com atividades para jovens da Grande São Pedro

Arquivo SEGES-PMV

Fachada da Casa da Juventude

(Ampliar imagem)

A Casa da Juventude, inaugurada no ano de 2013 no Território de São Pedro, é um espaço de interlocução do poder público junto a juventude da cidade de Vitória. É também um espaço de convivência, formação e de referência para que os jovens possam expressar suas opiniões e demandas sobre os desafios e possibilidades na construção da política pública de juventude.

A metodologia construída e implementada na Casa da Juventude tem-se pautado na realização de oficinas, debates, seminários e encontros de coletivos juvenis, principalmente àqueles que se encontram na região administrativa de Vitória.

O empoderamento e autonomia juvenil, são outras perspectivas que a Casa da Juventude objetiva investir, possibilitando que os jovens desenvolvam habilidades pessoais e assim busquem novos horizontes e novas oportunidades.

Onde fica

Rua Guilherme Bassini, 13, São Pedro. (Em frente ao campo do Racing) - Ver no mapa
Telefone: (27) 3332-7698

Última atualização em 14/09/2017

Voltar para o topo

Programa Adolescente Aprendiz prepara jovens para o mercado de trabalho

Divulgação Semcid

Adolescente Aprendiz

(Ampliar imagem)

Com o objetivo de realizar a inserção de adolescentes no mercado de trabalho formal, a Coordenação de Apoio ao Jovem Trabalhador (CAJT), subordinada à Gerência de Encaminhamento ao Mercado e vinculada à Secretaria Municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid), desenvolve basicamente quatro ações:

  • Atendimento inicial a partir da realização de cadastro dos adolescentes com idade de 14 a 17 anos, moradores e estudantes de Vitória depois da apresentação de todos os documentos pessoais (RG, Carteira de Trabalho, CPF, Comprovante de Residência e Declaração escolar);
  • Articulação com empresas e instituições parceiras, buscando parcerias com instituição privadas vinculadas ao Ministério do Trabalho e Emprego e Instituições de aprendizagem, como, por exemlo, CIEE e Gênesis, COEP, IBDH, Cesan, Senai e Senac,entre outros;
  • Palestra de orientação ao mercado de trabalho: fornece orientação de como se comportar em uma entrevista de emprego, entendimento do trabalho em equipe, noções de Marketing pessoal, Ética Profissional e Esclarecimento sobre a Lei 10.097/2000 (Lei da Aprendizagem);
  • Articulação com empresas e instituições parceiras, buscando parcerias com instituição privadas vinculadas ao Ministério do Trabalho e Emprego e Instituições de aprendizagem (CIEE e Gênesis);
  • Seleção e encaminhamento para entrevista de emprego. De acordo com a solicitação das empresas, a coordenação de apoio ao jovem trabalhador faz a intermediação do adolescente (munícipe de Vitória)  selecionando o que mais se adequa ao perfil da vaga ofertada.

Como e onde se Cadastrar

As inscrições são realizadas na Casa do Cidadão, em Itararé, de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h.

Lei da aprendizagem

A Lei 10.097/2000 determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem jovens aprendizes.

Mais informações

Casa do Cidadão - Avenida Maruípe, 2.544, Itararé - Ver no mapa
Funcionamento de segunda a sexta-feira, das 12 às 19 horas
Telefone: (27) 3132-5312

Última atualização em 16/08/2019

Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site