Prefeitura Municipal de Vitória

Atalhos de teclado:


Jovens

Fique por dentro das ações específicas voltadas para a inclusão social e a proteção dos jovens.

Jovens contam com espaço de interação social e cultural

Ludmila Pecini

Pessoas dançando Forró

Foto divulgação

Dois jovens grafitando uma parede

Inaugurado em 2006, o Centro de Referência da Juventude (CRJ) é um espaço de interação entre jovens da capital. As atividades oferecidas são baseadas em quatro pilares fundamentais - convivência, formação, informação e expressão -, reconhecendo os jovens como protagonistas nas definições das ações voltadas para eles.

Resultado do Orçamento Participativo da Juventude, o CRJ oferece atividades de lazer, cultura, esporte, arte, música, atendimento psicossocial, discussão e formulação de políticas públicas.

O centro também proporciona aos jovens sessões gratuitas de filmes. Com data previamente marcada, o Cineclube Kbça exibe filmes brasileiros e estrangeiros. Além disso, o espaço tem estúdio aberto para ensaio de bandas musicais e possui um telecentro, no qual os jovens podem acessar a internet gratuitamente. O CRJ também é coberto pelo sinal de internet livre do Vitória Online

Atividades

  • Oficinas e cursos gratuitos
  • Palestras e workshops
  • Assessoria à formação de coletivos juvenis

Como participar

Para participar das atividades do CRJ, o jovem interessado deve ter entre 14 e 29 anos e comparecer ao local para preenchimento da ficha de cadastro. É necessário apresentar comprovante de residência.

Onde fica o CRJ

Centro de Referência da Juventude

Endereço: Avenida Vitória, 1.320, Ilha de Santa Maria - Ver no mapa
Telefone: (27) 3132-4042
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8 às 21 horas
 

Última atualização em 21/12/2016

Voltar para o topo

Núcleo Afro Odomodê mobiliza jovens contra desigualdade racial

Carlos Antolini

Núcleo Afro Odomodê - Instrumentistas e instrumentos de percussão

Elizabeth Nader

Jovem dançando Break

Inaugurado em novembro de 2006, o Núcleo Afro Odomodê desenvolve atividades culturais voltadas para jovens afrodescendentes entre 13 e 29 anos, que residem em Vitória. O núcleo é um espaço de formação, convivência e participação que busca estimular, sensibilizar e mobilizar os jovens para a luta contra os preconceitos, violências e exclusões.

Entre as atividades oferecidas gratuitamente no espaço, estão oficinas que contribuem com o resgate e a valorização da cultura afro. Em 2013, o núcleo iniciou a série Diálogos Odomodê, um grupo de estudos voltados para temas ligados ao movimento negro no Espírito Santo.

Rodas de conversa, debates, exibição de filmes, apresentações em escolas e em outros espaços culturais são iniciativas do Odomodê para também orientar, tirar dúvidas e formar opinião crítica sobre diversos assuntos do universo jovem. Em todas suas ações, o Odomodê busca incentivar o protagonismo juvenil e contribuir com a autoestima de todos os jovens.

Como participar

Para se inscrever nas atividades oferecidas, é necessário ser morador de Vitória e apresentar o original e a cópia dos seguintes documentos: identidade, comprovante de residência e declaração de escolaridade.

Onde fica

Escadaria Jaime Figueira, 13, Fonte Grande - Ver no mapa
Telefone: (27) 3235-2614 / 3315-4349
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8 às 17 horas

Última atualização em 06/03/2017

Voltar para o topo

ProJovem realiza atividades para quem tem de 15 a 17 anos

Elizabeth Nader

Adolescente grafitando

O ProJovem Adolescente faz parte do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) e é uma reformulação do Agente Jovem, programa que já existe no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) em parceria com a Prefeitura de Vitória, o Projovem é um serviço socioeducativo que integra a rede de Proteção Social Básica do Suas em Vitória.

O programa é voltado para jovens com idade entre 15 e 17 anos e beneficiários do Programa Bolsa Família. O objetivo é complementar a proteção social às famílias, criando meios de garantir a convivência familiar e comunitária e condições de inserções e permanência dos jovens no sistema educacional.

Além disso, as atividades desenvolvidas visam contribuir para a prevencão do uso de drogas, da violência entre os jovens, da incidência de doenças sexualmente transmissíveis e de gravidez não planejada.

Os jovens são organizados em grupos de 25 integrantes, denominados de coletivos, sob a responsabilidade de um orientador social.

Atividades

A permanência do jovem no programa é de dois anos e, nesse período, ele participa de atividades voltadas para convivência familiar e comunitária, participação cidadã, cultura, mundo do trabalho, esporte e lazer.

O município de Vitória possui 27 coletivos e os jovens participam de oficinas de malabares, grafite, informática, break, street, hip-hop, cinema, funk, skate, esporte, jornal, entre outros.

Como participar

Para participar do ProJovem é preciso ser cadastrado no Bolsa Família. As inscrições podem ser feitas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) - veja os endereços.

Informações: (27) 3382-6158, no horário comercial.

Última atualização em 21/05/2014

Voltar para o topo

Espaços de acolhida para criança e jovem em situação de risco

Sete abrigos acolhem, em Vitória, crianças, adolescentes e jovens vítimas de algum tipo de violência e/ou violação de direitos. Os encaminhamentos para os espaços são feitos pelos Conselhos Tutelares e Juizado da Infância e Juventude de Vitória.

Esses espaços de acolhida integram a rede de Proteção Social Especialde Alta Complexidade do Sistema Único de Assistência Social(Suas).

Casa de Acolhimento Temporário - Casa de Passagem

O espaço acolhe 12 meninos e meninas, de 7 a 18 anos incompletos, em situação de vulnerabilidade pessoal e social, impossibilitados de retornarem à convivência familiar e comunitária. A Casa de Passagem funciona em parceria com a Fundação Fé e Alegria.

Telefone: (27) 3322-9128

Centro de Apoio Social à Infância - Casa Viva

Acolhe meninas de seis a 12 anos com vínculos familiares fragilizados e/ou rompidos. O abrigo tem capacidade para atender a 15 meninas e funciona em parceria com a Cáritas Arquidiocesana de Vitória.

Telefone: (27) 3322-3728

Centro de Apoio Social à Adolescência

Com capacidade para atender a 15 adolescentes, o Centro de Apoio Social à Adolescência acolhe meninas de 12 a 18 anos, com vínculos familiares fragilizados e/ou rompidos. O abrigo funciona em parceria com a Cáritas Arquidiocesana de Vitória.

Telefone: (27) 3322-2710

Centro de Vivência I

Inaugurado em 2007, o Centro de Vivência I é um abrigo para meninos e meninas de zero a seis anos, com capacidade para acolher 12 crianças. O Centro funciona em parceria com a Fundação Fé e Alegria.

Telefone: (27) 3322-2322

Centro de Vivência II

Acolhe meninos de sete a 12 anos, funciona em parceria com a Fundação Fé e Alegria e tem capacidade para abrigar 12 crianças.

Telefone: (27) 3224-1777

Centro de Vivência III

Acolhe adolescentes, de ambos os sexos, na faixa etária de 13 a 18 anos. O atendimento a adolescentes do sexo feminino também é realizado para cumprir o princípio do "não desmembramento de grupos de irmãos", previsto no inciso V do Artigo 92 do Estatuto da Criança e do Adolescente.

O espaço tem capacidade para atender a 12 adolescentes e funciona em parceria com a Fundação Fé e Alegria.

Telefone: (27) 3322-6967

Casa Lar

Com capacidade para atender a 12 pessoas, a Casa Lar é um abrigo que visa garantir o acolhimento institucional a adolescentes e jovens, na faixa etária de 12 a 18 anos, com possibilidade remota de reintegração familiar e adoção.

As atividades desenvolvidas no espaço são voltadas para a construção da autonomia dos jovens acolhidos. A Casa Lar tem capacidade para acolher 12 adolescentes e jovens e funciona em parceria com a Fundação Fé e Alegria.

Telefone: (27) 3322-3728

Última atualização em 13/11/2017

Voltar para o topo

Espaço cultural com atividades para jovens da Grande São Pedro

Arquivo SEGES-PMV

Fachada da Casa da Juventude

(Ampliar imagem)

A Casa da Juventude, inaugurada no ano de 2013 no Território de São Pedro, é um espaço de interlocução do poder público junto a juventude da cidade de Vitória. É também um espaço de convivência, formação e de referência para que os jovens possam expressar suas opiniões e demandas sobre os desafios e possibilidades na construção da política pública de juventude.

A metodologia construída e implementada na Casa da Juventude tem-se pautado na realização de oficinas, debates, seminários e encontros de coletivos juvenis, principalmente àqueles que se encontram na região administrativa de Vitória.

O empoderamento e autonomia juvenil, são outras perspectivas que a Casa da Juventude objetiva investir, possibilitando que os jovens desenvolvam habilidades pessoais e assim busquem novos horizontes e novas oportunidades.

Onde fica 

Rua Guilherme Bassini, 13, São Pedro. (Em frente ao campo do Racing) - Ver no mapa
Telefone: (27) 3332-7698

Última atualização em 14/09/2017

Voltar para o topo

Programa Adolescente Aprendiz prepara jovens para o mercado de trabalho

Divulgação Semcid

Adolescente Aprendiz

(Ampliar imagem)

Com o objetivo de realizar a inserção de adolescentes no mercado de trabalho formal, a Coordenação de Apoio ao Jovem Trabalhador (CAJT), subordinada à Gerência de Encaminhamento ao Mercado e vinculada à Secretaria Municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid), desenvolve basicamente quatro ações:

  • atendimento inicial a partir da realização de cadastro dos adolescentes com idade de 14 a 17 anos depois da apresentação de todos os documentos pessoais (RG, Carteira de Trabalho, CPF, Comprovante de Residência e Declaração escolar).
  • palestra de orientação ao mercado de trabalho: fornece orientação de como se comportar em uma entrevista de emprego, entendimento do trabalho em equipe, noções de Marketing pessoal, Ética Profissional e Esclarecimento sobre a Lei 10.097/2000 (Lei da Aprendizagem).
  • articulação com empresas e instituições parceiras, buscando parcerias com instituição privadas vinculadas ao Ministério do Trabalho e Emprego e Instituições de aprendizagem (CIEE e Gênesis).
  • seleção e encaminhamento para entrevista de emprego. Mediante a solicitação do empresário, é selecionado o perfil do adolescente que atenda à vaga ofertada e encaminhado para entrevista na empresa contratante.
Como e onde se Cadastrar ?

As inscrições são realizadas na Casa do Cidadão, em Itararé, de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h.

Lei da aprendizagem

A Lei 10.097/2000 determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem jovens aprendizes.

Mais informações

Avenida Maruípe, 2.544
Telefone: (27) 3132-5312

Última atualização em 20/07/2018

Voltar para o topo

Prefeitura Municipal de Vitória
Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.927
Bento Ferreira, Vitória, ES - CEP: 29.050-945
Telefone: (27) 3382-6000 (Atendimento ao público de 12h às 19h)
Voltar ao topo do site